A intenção do governo de privatizar a CEMIG pode ser a única saída para empresa que está quebrada

A entrevista do governador Romeu Zema a Record em que ele afirma o interesse em privatizar a CEMIG tem gerado repercussão. O chefe do executivo afirma que as privatizações é uma condição imposta pelo governo federal para iniciar as negociações das dívidas com Minas. O Tesouro Nacional exige que as empresas sejam privatizadas.

Dentro deste contexto um das primeiras a serem negociadas pode ser a CEMIG. Apesar do interesse do governo em privatizar a CEMIG a empresa passa por um dos momentos mais delicados. No ano passado o presidente da estatal Bernardo Alvarenga afirmou que a empresa está “quebrada”. De acordo com o presidente, a dívida chega a casa de R$ 16 bilhões, envolvendo questões relacionadas a Light, empresa controlada pela estatal mineira.

A Cemig chegou a ter 18 mil trabalhadores, teve perspectiva de 25 mil e atualmente possui 7 mil funcionários. A estatal chegou a fazer no ano passado um PDV (Programa de Demissão Voluntária), com o objetivo de enxugar o quadro e dar a impressão de que a empresa tem futuro no mercado. Um dos pontos colocados pelo presidente era a venda da Light. Se desfazer da empresa projetava a CEMIG ficar livre de parte das dívidas e faturar mais R$4 bilhões.

Ouça  a entrevista do presidente exibida em 2018 pela Rádio Itatiaia:

O post A intenção do governo de privatizar a CEMIG pode ser a única saída para empresa que está quebrada apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: