Delegacia da Família terá espaço próprio para ouvir as vítimas

Quando se é vítima de alguma agressão, abuso ou outros tipos de crimes, ainda mais quando mulher ou criança, há uma barreira natural para se falar sobre o assunto, outras podem ser impostas durante o acolhimento nas delegacias. Em Divinópolis há essa preocupação, por isso Dra Gorete Rios apresentou na manhã de hoje o espaço destinado a receber as vítimas.

As salas (inclusive construída mais uma para aportar melhor as crianças) suficientes para os psicólogos receberem as vítimas e trabalhar para ter uma escuta suficiente para não necessário se ficar repetindo a mesma história. A preocupação maior é com as crianças, pois se utiliza recursos para elas, dentro da realidade e condições próprias (até mesmo de linguagem) relatarem o acontecido.

Veja a entrevista com a delegada Dra Gorete Rios

O promotor de justiça da vara da infância e juventude, Dr Carlos José Silva Fortes elogiou a ação da delegada e ressaltou a importância de se fazer essa apuração bem feita e sempre trabalhar para minimizar os efeitos de um crime

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: