Fabiano Tolentino diz que audiência na Assembleia Legislativa vai “cobrar a efetivação das obras” na MG-050

O novo cronograma das obras da MG-050, divulgado no dia 05 de maio pela Secretaria de Estado de Obras Públicas (Setop) será tema de reunião conjunta na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta terça-feira (16). A denúncia é de que o planejamento previsto em contrato não está sendo cumprido. O requerimento da audiência é assinado pelos deputados Antonio Carlos Arantes (PSDB), Fabiano Tolentino (PPS) e Anselmo José Domingos (PTC).

Leia também: Divulgado novo cronograma de obras da MG 050 e duplicação apenas do Quintino ao Karrão

O encontro, marcado para as 15h, no Plenarinho III, terá representantes das Comissões de Desenvolvimento Econômico e de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, que vão discutir sobre as interrupções na rodovia, o descumprimento de prazos em intervenções em vários trechos e os consequentes transtornos para os usuários. A cobrança de pedágio, que já estaria sendo feita pela concessionária em alguns trechos, mesmo sem as melhorias também será tratada na audiência. Em entrevista a reportagem, o deputado estadual Fabiano Tolentino (PPS) explicou os motivos para a convocação da audiência. ““Temos interesse na MG-050, que saiam as obras. Afinal de contas, pagamos um pedágio muito caro e as obras paradas estão paradas. Tenho certeza que agora é o momento da gente cobrar. Sem o cronograma, não há como a gente cobrar. Não tem prazos, não tem datas de início das obras, fim das obras. E agora, com esse cronograma podemos fazer essa cobrança mais efetiva. Esse é o nosso pedido, para que junto com a Assembleia Legislativa, Estado de Minas Gerais, AB Nascentes, possam ajustar e que esse cronograma não falhe mais”, comentou.

Tolentino também citou pontos em Divinópolis e em outras cidades da região que precisam das intervenções. “Queremos as obras prontas, os trevos prontos. Partindo de toda a estrada, que deve ser toda duplicada. Temos a curva da morte, o trevo de São José dos Salgados, o trevo do Icaraí, Niterói, da JK, que é um grande absurdo a entrada da cidade com tanta dificuldade. Temos o Nossa Senhora da Conceição, o de Nova Serrana já ficou pronto, Quintino, trevo de Formiga que é muito ruim, trevo de Piumhi, de Pimenta. São 372 km que a gente tem que ajustar”, declarou.

Questionado se a cobrança do pedágio e o valor praticado pela concessionária ao consumidor entrariam em pauta, o deputado estadual confirmou que o tema será “um dos pontos”, mas garantiu que o principal fator será a “efetivação” das obras com a divulgação do novo cronograma. “O pedágio que a gente paga é muito caro e precisamos dessas obras com o máximo de urgência. Entram em discussão todos os temas propostos na MG-050. Todo ano o pedágio é aumentado. Esse ano o governo barrou o aumento e a empresa ganhou na Justiça. O governo barrou porque não tinham obras. Não há que se falar em aumento se as obras não estão acontecendo. Quando se atrasa para fazer as obras, acaba fazendo as obras com o dinheiro nosso, que nós pagamos o pedágio. É o grande erro de uma PPP, que quando se faz o contrato, é feito para fazer todas as obras e depois cobrar por ‘n’ anos que a Nascentes está com a concessão da estrada. É um dos pontos que iremos cobrar, mas é mais que isso, que deverão ser feitas na estrada nesses próximos dois ou três anos”, encerrou.

Convidados – São aguardados na audiência os secretários de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, e de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães; o diretor-presidente da Atlantia Bertin Concessões (Abconcessões), José Renato Ricciardi; e o diretor-executivo da Concessionária Nascentes das Gerais (Divinópolis), Joselito Rodrigues de Castro.

Também foram convidados o secretário de Governo de Divinópolis, Ricardo Moreira; e os prefeitos de São Sebastião do Oeste, Belarmino Luciano Leite; de Itaúna, Neider Moreira de Faria; de Mateus Leme, Júlio Cezar Nogueira Fares Júnior; de São Sebastião do Paraíso (Centro-Oeste), Walker Américo Oliveira; de Itaú de Minas (Sul), Ronilton Gomes Cintra; de Passos (Sul), Carlos Renato Lima Reis; de Piumhi (Centro-Oeste), Adeberto José de Melo; de Pimenta (Centro-Oeste), Ailton Costa Faria; e de Formiga (Centro-Oeste), Eugênio Vilela Júnior.

Ouça a entrevista do Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PPS)


Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: