Homem prende passarinho e acaba preso em Divinópolis

A Polícia Militar de Meio Ambiente recebeu denúncia apontando que um elemento estaria a armazenar produtos ilegais de pesca e caça numa residência em Divinópolis. Diante das orientações, os homens da lei foram até o endereço na rua Panaroma, situada no bairro Campina Verde.

No local, o acusado Ilton Geraldo de Oliveira, de 53 anos, foi flagrado mantendo em gaiola um pássaro da espécie Papa-Capim, animal da fauna brasileira. O acusado admitiu não possuir licença ambiental para aprisionar a ave.

Em buscas na casa foram encontradas nove redes de nylon, produto ilegal para pescadores sem registro profissional. Dois cartuchos de calibre 28 deflagrados foram encontrados no imóvel, mas nenhuma arma de fogo foi localizada.

Diante dos fatos, Ilton Geraldo recebeu voz de prisão e foi conduzido em flagrante até a delegacia de polícia sob a acusação de ter em cativeiro espécie da fauna brasileira.

Multa

As autoridades confeccionaram multas por causa do pássaro em cativeiro e em razão das redes de pescas ilegais. Ao total, o valor aplicado contra o acusado chega até cerca de R$5.100,00.

Liberdade

Enquanto Ilton era algemado e preso, o Papa-Capim cantava feliz ao perceber que estava prestes a ganhar a liberdade. O animal foi entregue aos veterinários competentes e será solto na natureza assim que assegurarem que está bem de saúde.

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: