Integrantes da “Gangue das Gordas” fazem mais uma vítima e são presas

Reportagem de Henrique Carvalho em O TEMPO

Três mulheres foram presas em flagrante na noite dessa sexta-feira (16), após furtarem um supermercado no Centro de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, o trio faz parte da “Gangue das Gordas”, e seria especialista em cometer vários furtos a estabelecimentos comerciais daquela região.

Antes que elas conseguissem fugir mais uma vez com o material furtado, o trio foi abordado na rua Espírito Santo, enquanto esperava por um táxi. “Nós suspeitamos daquelas três mulheres com aquele tanto de sacola. Por serem conhecidas no meio policial como a “Gangue das Gordas”, resolvemos fazer uma abordagem de rotina. Nas sacolas tinham vários produtos com etiquetas de um supermercado da região. O que nos chamou mais a atenção é que elas não tinham nota fiscal dos materiais. Solicitei a militar da equipe que checasse no referido estabelecimento a origem daquelas mercadorias. Um dos fiscais da empresa reconheceu de imediato os produtos”, contou o sargento Antônio Filho, do Gepar da 6ª Cia. do 1º Batalhão da Polícia Militar.

Com a “Gangue das Gordas” os policiais apreenderam alimentos, uma enorme quantidade de produtos de limpeza e de beleza, como shampoos, sabonetes e aparelhos de barbear. Além disso, também foram recuperados nove perus de Natal e dois pernis temperados.

De acordo com o sargento Filho, elas revendiam os produtos para comerciantes menores em alguns bairros. “As três moram nos bairros Santo André e Pedreira Prado Lopes, na região Noroeste da capital. Podemos dizer que a profissão delas é essa, apesar de duas delas afirmarem que possuem carteira assinada e que voltaram a furtas apenas neste fim de semana”, disse.

Por enquanto, a “Gangue das Gordas” dará um pouco de sossego para os comerciantes da região. Conforme informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil, Elaine da Silva, de 52 anos, Fátima Cristina da Silva, de 32 anos, e Silvânia Lopes da Silva, de 42 anos, foram presas em flagrante e serão transferidas para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Centro-Sul.

Modo de ação

Apesar de pouco falar com os policiais após a prisão, o modo de agir das suspeitas já havia sido identificado pelos militares. Segundo o sargento Antônio Filho, elas são especialistas em furto. “Eu trabalhei durante nove anos no setor de inteligência da polícia. Já vi várias vezes como elas agem. Elas escolhem um estabelecimento, normalmente um supermercado. O trio vai ao local escolhido várias vezes ao dia. A cada ida, elas furtam um pouco de mercadoria. Para esconder o material furtado essas mulheres alugam armários em outros locais, como em estacionamentos. No final do dia, elas se reúnem e distribuem os itens que conseguiram”, contou.

Produtos foram furtados de supermercado pela "Gangue das Gordas"

Produtos foram furtados de supermercado pela “Gangue das Gordas”

Portado originalmente em: http://www.sistemampa.com.br/noticias/policial/integrantes-da-gangue-das-gordas-fazem-mais-uma-vitima-e-sao-presas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: