Médico que cobrava atendimento pelo SUS deixa a cadeia em Conselheiro Lafaiete

Hoje em dia

Está em liberdade provisória o médico de 51 anos, que estava preso após denúncias de cobrança para realização de procedimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo a Polícia Civil, ele deixou o presídio de Conselheiro Lafaiete, na Região Central do Estado, na última quinta-feira (15) por causa de um alvará de soltura concedido pela Justiça.

O médico é investigado desde fevereiro, quando as vítimas começaram a denunciar o profissional. Durante as apurações, foi identificado o envolvimento de um vereador da Câmara Municipal de Capela Nova, que chegou a oferecer certa quantia em dinheiro para que o médico internasse um parente pelo SUS. O vereador também foi indiciado por corrupção passiva, além de um outro profissional da saúde de Entre Rios de Minas, que encaminhava pacientes para o suspeito e tinha ciência de que eram realizadas cobranças ilícitas.

O médico foi preso em casa no dia nove de junho. Na casa dele, a polícia encontrou uma arma de fogo, dinheiro e cheques utilizados nos pagamentos pelos pacientes.

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: