Policia Civil e Ministério Público cumprem mandado de busca e apreensão na prefeitura e assessor de Galileu é detido.

A Policia Civil de Minas Gerais em conjunto com o Ministério Público do Estado cumpriu nesta tarde mandados de busca e apreensão no Centro Administrativo de Divinópolis e na casa do assessor especial do governo Fausto Barros. A Policia também cumpriu mandado de busca e apreensão na casa de Claudio Moisés apontado nas investigações como coautor.

Na ação a Policia Civil e o Ministério Público apuram crimes como Falsidade ideológica e coação no curso do processo. Foram cinco mandados cumpridos no gabinete e na residência de Fausto. Na casa do assessor do prefeito a polícia apreendeu 29 mil reais em dinheiro e uma arma de fogo. Por causa da arma Fausto Barros está detido pelo crime de porte ilegal de arma fogo. Ele está na delegacia de Policia Civil. Além de Fausto, Claúdio Moisés também está detido e prestará depoimento como coautor por ter ajudado a coagir uma testemunha à favor do assessor.

Segundo a Policia quando assumiu o cargo de assessor Fausto já estava condenado por improbidade administrativa na gestão de Galileu no ano de 2001 e fraudou um documento assinado por ele e pelo prefeito se enquadrando na lei de ficha limpa. De acordo com a delegada responsável Dra. Adriene Lopes as investigações que já ocorrem há mais de um ano contra o mesmo devem continuar e alguns esclarecimentos precisam ser feitos por Fausto que nega todas as acusações. A delegada informou ainda que o prefeito Galileu Machado também responderá no processo por ter aprovado a nomeação do servidor.

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: