Polícia Militar Rodoviária atualiza pontos de manifestação em rodovias do Centro-Oeste

A Sétima Companhia da Polícia Militar Rodoviária atualizou os pontos de manifestações dos caminhoneiros na região Centro-Oeste. A paralisação afeta 16 trechos em 11 municípios da área de responsabilidade dos militares. Divinópolis é o município com o maior número de pontos de concentração de caminhoneiros, são quatro. Dois pontos estão na MG-050, um no pátio do Posto Marçal, no quilômetro 132 e o outro local é o Posto Bitelão, no km 119. Outros locais onde os caminhoneiros se concentram em Divinópolis são a AMG-0345, antes da ponte, próximo a entrada do Ferrador e no km 28 da BR-494. Em Itatiaiuçu, a manifestação é na MG-431.

Já em Formiga, os caminhoneiros estão no km 203 da MG-050. No município de Córrego Fundo, a manifestação é tranquila na LMG-830 com MG-439 (na balança do DER). Em Arcos, na BR-354 no trecho entre os quilômetros 473 ao 476, as vias foram bloqueadas com cones, tambores e veículos. Em Bambuí, o Posto Girassol, localizado no km 418 da BR-354 é o local de concentração dos manifestantes.

O município de São José da Varginha possui dois trechos de manifestação, a MG-060 no km 119 e a MG-431 no km 06, na divisa com Pará de Minas. Em Martinho Campos, também são dois pontos, MG-164 no km 91 e BR-352 no km 394. Já nos municípios de Pitangui e Itapecerica, as manifestações estão concentradas na BR-352 no km 449 e na BR-494 no km 72, no Posto Beira Rio.

Por fim, em Lagoa da Prata estava programada uma manifestação organizada pelo Sindicato dos Produtores Rurais e pela Cooperativa Agropecuária da cidade na MG-170, no km 31. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, produtores rurais foram convidados a comparecerem utilizando tratores, caminhões, colheitadeiras e carros. A intenção era interditar a rodovia, permitindo a passagem somente de ambulâncias e veículos em situação de emergência durante a manifestação.

É válido ressaltar que em todos os locais de manifestação está sendo liberada a passagem de veículos leves, ônibus, ambulâncias e caminhões com produtos perecíveis, carga viva ou mercadorias sensíveis. A Polícia Militar Rodoviária não registrou incidentes até o momento.

Foto: Reprodução/Whatsapp

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: