Polícial de Divinópolis pode ter sido contaminado com vírus da AIDS durante prisão no camelódromo

camelodromo

A Polícia Militar de Divinópolis foi chamada por populares no quarteirão fechado de Rua São Paulo na última semana, onde funciona o Centro de Comércio Popular, também chamado de “Camelódromo”.

O acionamento se deu em razão de uma briga que estaria ocorrendo e durante a abordagem dos suspeitos perceberam que um dos envolvidos, um homem de 54 anos, possuía um mandado de prisão em aberto contra ele. Quando foi dada a ordem de prisão para este homem, que aparentava sinais de embriaguês, ele ficou agitado e resistiu, entrando em seguida em luta corporal com um soldado da Polícia provocando ferimentos na mão do militar.

Durante toda a confusão o homem afirmava que era portador do vírus HIV e devido a este fato foi necessário encaminhar o policial para a UPA Padre Roberto para realizar exames que pudessem constatar se ele havia sido contaminado durante a luta. Foram feitos os chamados “testes rápidos” que a princípio não detectaram a presença do vírus. No dia seguinte os mesmos foram encaminhados para exame mais completo com infetcologista.

Durante atendimento clínico, foi levantado o histórico do suspeito preso que indicou ser provável portador de HIV positivo. Dessa forma, preventivamente, foram ministrados medicamentos antivirais e iniciado o tratamento.  Posteriormente, o militar foi levado ao Laboratório para realizar exame HIV/HBC e exames indicados. O acompanhamento terá duração de seis meses.

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: