Posicionamento de Domingos Sávio sobre Aécio gera polêmica no PSDB

De acordo com o site Blog do PCO, o senador Antônio Anastasia (PSDB) seria o responsável por conduzir as negociações para a formação da chapa que deve concorrer ao governo do Estado em 2018, em conjunto com partidos que acompanham os tucanos.

De acordo com a publicação de Paulo César de Oliveira, divulgada nesta quinta-feira (8), alguns membros do partido teriam rejeitado a condução do processo pelo presidente do PSDB em Minas Gerais, o Deputado Federal Domingo Sávio.

A justificativa, segundo o blog, seriam as declarações do parlamentar após a denúncia contra o senador afastado Aécio Neves pela Procuradoria-Geral da República. Um dos nomes analisados por Anastasia é o de Fuad Noman, ex-secretário da Fazenda e de Obras Públicas no governo e considerado um dos homens fortes na gestão Alexandre Kalil na Prefeitura de Belo Horizonte. Por enquanto, de acordo com o blog, as conversas acontecem de forma discreta.

A reportagem entrou em contato com a assessoria do Deputado Federal Domingos Sávio, presidente do PSDB em Minas Gerais para um posicionamento sobre a publicação. Por telefone, o deputado revelou ter entrado em contato com o Senador Antônio Anastasia, que segundo Domingos teria ficado surpreso com a notícia. Anastasia está no Panamá e deve retornar a Brasília na segunda-feira (12), quando ocorrerá uma reunião com lideranças do PSDB na capital federal. Ainda conforme Domingos, a relação entre ele e o senador Anastasia é boa e que o senador “não tentaria substituir o papel do presidente” na situação citada na publicação. “O que posso dizer é que a minha relação com o professor Anastasia é extremamente leal, de amizade, parceria. Ele ficou surpreso com essa nota, dada por um colunista e ele disser ser algo totalmente fora de propósito. Ele é de fato, uma liderança de todos nós no PSDB. O Professor Anastasia é um homem ético, cuidadoso, e não tentaria de alguma forma substituir o papel do presidente do partido, que sou eu”, disse.

Após relatar o posicionamento de Anastasia, Domingos Sávio disse que o momento é de união e a decisão sobre o nome que pode disputar o governo do Estado de Minas Gerais em 2018 será tomada no “momento certo”. O presidente estadual do PSDB disse que a condução do processo eleitoral pelo partido não pode ser de forma centralizada e adotou um discurso de que a decisão será tomada em conjunto. “Como presidente do partido jamais teria a pretensão de conduzir o processo eleitoral, no que diz respeito ao PSDB, a participação do PSDB no processo eleitoral de Minas Gerais sem ouvir os nossos senadores, nossos deputados federais, deputados estaduais, prefeitos e vereadores, as bases do partido. Ninguém pode ter a pretensão de querer conduzir sozinho os destinos de um partido como o PSDB. E para isso, teremos que ter em primeiro lugar muita união. As vezes, quem provoca com alguma nota como essa quer fomentar a desunião no partido. Mas não vão conseguir isso. A relação minha com o Professor Anastasia é de amizade, respeito, lealdade e não vai haver esse tipo de disputa para quem vai conduzir o processo. O processo será conduzido com todos participando e no momento certo teremos a decisão de quem será candidato a governador de Minas pelo PSDB”, completou.

Ouça a entrevista completa do Deputado Federal Domingos Sávio, presidente estadual do PSDB em MG


Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: