Prefeitura emite nota garantindo atenção especial ao morador de rua queimado em ato de vandalismo

A prefeitura de  Divinópolis emitiu uma nota oficial na tarde de hoje, sobre o caso do morador de rua e técnico de enfermagem aposentado, de 55 anos, alvo de ato de vandalismo, segundo a nota, ele é acompanhado de perto pelos profissionais da Prefeitura de Divinópolis.

http://www.sistemampa.com.br/noticias/policial/divinopolis-vandalos-colocam-fogo-em-barraca-de-morador-de-rua-com-ele-dentro/

Segundo a nota, na primeira conversa (em 20 de junho de 2016) com a equipe de abordagem da secretaria municipal de desenvolvimento social, já na moradia improvisada no ponto de ônibus, próximo ao 10º Batalhão de Bombeiros Militares de Divinópolis, o aposentado apresentava características de sofrimento psíquico. Ele teria relatado para equipe um infarto e se aposentou devido ao transtorno, além de ter confirmado um tratamento no serviço de sofrimento mental (Sersam). A equipe de abordagem ofereceu ajuda, no entanto foi recusada pelo aposentado.

A prefeitura garante ter voltado um mês depois e constatou os mesmo sintomas de sofrimento mental do morador de rua e encaminhou o caso para a diretoria de saúde Mental solicitando a intervenção da equipe de saúde. Ainda voltaram novamente ao local e ofereceram ajuda. Outra vez, o morador de rua recusou.

Em 31 de janeiro deste ano, o secretário de desenvolvimento social, Juliano Prado, pediu um novo relatório. Ficou definido que a secretaria de saúde assumiria o caso. Neste momento começou a ser analisado o procedimento de internação involuntária, caso houvesse desejo da família ou entrariam com a internação compulsória.

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: