Procurador e Vereador desmentem boatos sobre Reforma Administrativa

Aprovado  na última semana, o Projeto 059 de autoria da Mesa Diretora da Câmara de Divinópolis gerou muitos comentários nas redes sociais, e muitos deles, segundo a equipe técnica da Câmara,  não condizendo com a realidade dos fatos, o que gerou manifestações por parte dos vereadores no sentido de esclarecer.

Em entrevista ao Programa “Bom Dia Divinópolis”, o Vereador Renato Ferreira e o Procurador Geral da Câmara, Dr Bruno Cunha, diferente do que muitos espalharam, o projeto não criou um quinto assessor nos gabinetes dos vereadores de Divinópolis e na verdade  surgiu por recomendação do Ministério Público para adequar a estrutura administrativa da casa ao que determina a legislação pertinente.

Os entrevistados explicaram ainda que o impacto da reforma é mínimo, alterando em cerca de 1%  o orçamento da casa que diferente do que também disseram, não pode ser destinado a outras áreas do município.   

Sobre os cargos criados, ressaltaram que o gasto também é mínimo já que os comissionados da casa tiveram redução de salário e as funções são para apoio ao cidadão e não do vereador. Foram   apenas quatro cargos, destinados ao Centro de Atendimento ao Cidadão, Comissão de Direitos e Humanos e comunicação especial, onde será contratado um intérprete de LIBRAS, conforme determina a Lei Municipal. Confira detalhes na entrevista:


 

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: