Tráfico de drogas continua sendo a principal motivação dos assassinatos. Divinópolis já ultrapassa 30 homicídios em 2017

Tiago Fernandes Porto, 28 anos foi executado com aproximadamente 15 disparos. Os dois suspeitos já chegaram atirando. O corpo de Cleiton Rodrigues da Silva foi encontrado no bairro Maria Peçanha com quatro perfurações de arma de fogo. Estes são os relatos dos dois últimos homicídios em Divinópolis, mas que podem descrever 90% deles.

Os crimes contra a vida são hoje os principais registros violentos registrados pelos órgãos de segurança pública conforme dados da Secretaria de Defesa Social do Estado. Os dados no sistema foram atualizados no dia 21 de junho deste ano e mostram 19 homicídios consumados em Divinópolis. A maior porcentagem da região Centro-Oeste. Dos 78 homicídios da região de janeiro a maio quase 30% do total foram na cidade.

Clique para exibir o slide.

.

E os números já estão defasados. Se acrescidos os dados de junho, julho e agosto e também as ocorrências que entram como tentativa de homicídio, pois as vitimas são socorridas com vida e morrem nas unidades de saúde, Divinópolis já tem 32 homicídios.

Em quase 90% dos casos os crimes são motivados pelo tráfico de drogas. A disputa pelo ponto de comercialização de entorpecentes e o acerto de dívidas tem influenciado cada vez mais no aumento de crimes. Segundo a Polícia Militar no primeiro semestre do ano foi registrado uma pequena queda em algumas modalidades de crimes como assaltos, roubos e furtos, porém os casos de homicídios não tiveram essa queda, uma meta que a instituição buscar alcançar. Para isso são traçadas pela Sétima Região da PM e o 23º Batalhão estratégias para combater estes crimes.

Reveja a reportagem do Jornal Candides:

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: