Trem Turístico e complexo viário para a Cruz de Todos os Povos são temas debatidos no Governo do Estado

Por meio da Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), onde o deputado Professor Irineu articulou o encontro de vários prefeitos e secretários municipais do Centro-Oeste com a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais. Na reunião, dois temas de grande relevância para o turismo da região: a criação de um “Trem Turístico” e a construção de um complexo viário para acesso à Cruz de Todos os Povos. A reunião aconteceu nessa terça-feira, na Cidade Administrativa, e foi conduzida pela subsecretária de Turismo, Marina Simião.

Professor Irineu destacou a importância do investimento no turismo como estratégia de superação da crise econômica e fiscal que o estado atravessa. “Temos um alinhamento raro de oportunidades para o Minas, pela presença de um mineiro à frente do Ministério do Turismo, o Marcelo Álvaro Antônio. O Trem Turístico para a região do Centro-Oeste já conta com o total apoio do Ministério do turismo”, destacou o deputado estadual Professor Irineu.

O Trem Turístico seguirá o exemplo do de Brumadinho. Várias cidades da região são entrecortadas por linhas férreas. O trem sairia de Bom Sucesso até Divinópolis, com paradas em cidades que integrarão o roteiro. Atualmente, a concessão para exploração das linhas férreas da região está em fase de renovação. Uma das demandas apresentadas foi condicionar a renovação da concessão ao apoio, a partir de contrapartidas, ao projeto do “Trem Turístico”. Até a aquisição de uma Maria Fumaça já está em vista.

Construída no século XVII pela Harland and Wolff Heavy Industries, (empresa industrial pesada, a mesma que construiu o MRS Titanic). Listada como um dos maiores do mundo, segundo a Diocese de Divinópolis, a construção da “Cruz de Todos os Povos” já está em curso. Elas está sendo construída em um terreno de 10 mil metros quadrados e terá uma estrutura de 73,8 metros de altura, sendo toda iluminada. A construção de um complexo viário, que garante acessa fácil e rápido também foi uma das demandas levadas pelo grupo. “Tão logo seja construída, toda a região será impactada positivamente pelo monumento, pelo aumento do turismo religioso que ele vai gerar. Para qualificar a experiência turística dos romeiros, um conjunto de pequenas interseções precisam ser realizadas”, destacou o Professor Irineu.

Ao final, a subsecretária de Turismo, Marina Simião, destacou a importância da articulação desses trabalhos juntamente com a secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade. “São demandas que precisam da articulação com outras secretarias, e todo o secretariado estadual está sensível a importância do turismo para nosso Estado”.

Estiveram presentes no encontro o prefeito de Carmo do Cajuru, Edson Vilela, o prefeito do município de Cláudio, José Rodrigues Barroso, o “Zezinho”, o vice-prefeito de Carmo da Mata, Sinval Elias Rodrigues, o prefeito de Carmópolis de Minas, Geraldo Antônio da Silva, dos secretários municipais de Cultura e Desenvolvimento Econômico e Turismo, respectivamente, Gustavo Mendes e Rafael Nogueira, João Batista Mendes, presidente da Comissão de Turismo de Divinópolis, Saulo Nunes, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Carmo do Cajuru e Nem Campos, gestora do Circuito Campo das Vertentes.

O post Trem Turístico e complexo viário para a Cruz de Todos os Povos são temas debatidos no Governo do Estado apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: