Trotes telefônicos já atrapalham o serviço do SAMU em Pará de Minas

A diretoria do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU de Pará de Minas faz um alerta sobre os trotes telefônicos, que vem atrapalhando os atendimentos as vítimas que realmente precisam de ajuda e salvamento. Nesse primeiro mês de atuação na cidade cerca de 20% das ligações feitas ao 192 foram trotes, segundo a Central de Regulação de Urgências, com sede em Divinópolis.

.

 

Muitas destas ligações são realizadas por crianças, geralmente em horário de entrada e saída das aulas, mas infelizmente existem adultos que também costumam passar os trotes. Estes telefonemas tomam o tempo do atendente e impedem que uma verdadeira ocorrência receba atendimento. José Márcio Zanardi, secretário-executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS-URG), confirma a grande quantidade de trotes repassados e pede que a população se conscientize, evitando essas brincadeiras de mau gosto.

.

 

O secretário-executivo do SAMU explica que se não fosse a triagem feita por telefone, o número de trotes consumados seria maior do que ocorre atualmente. Vale ressaltar que o trote é considerado crime, de acordo com o Código Penal, e pode gerar detenção de um a três anos e multa.

.

 

Fonte: JC Notícias

.

 

Foto: JC Notícias

Postado originalmente por: Portal MPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: