28 Congresso
Divinópolis e Região

Turista divinopolitano é multado por capturar sucuri no Pantanal e divulgar vídeo

Por: Portal MPA 25/09/2017 16:00

Homem foi multado por não ter autorização de manusear a cobra. Acima, uma Sucuri nada num rio. Foto: Wikipédia.

Um turista residente em Divinópolis (MG) foi autuado pela Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul (PMA-MS) por ter manuseado indevidamente uma sucuri e divulgar a cena em vídeo pelas redes sociais.

No vídeo, o homem segura a cauda da serpente, de mais de dois metros, que estava submersa no rio Paraguai, e puxa o animal para fora da água, enquanto outras pessoas filmam e fotografam a cena. O animal tenta retornar ao rio, mas é puxado para fora, até ser solto. A cena dura quase um minuto.

“Olha aí, vocês que gostam de nadar no rio. Vão nadar agora”, diz ele. Outro diz: “Traz ela aí, vou meter um facão nela”. “Vai não, não vou deixar”, retruca o homem que manipula a serpente. Poucos segundos depois, ele a solta: “Vai com deus, menina!”

O vídeo circulou por cerca de dois dias nas redes sociais até que a PMA fosse acionada e conseguisse identificar o local. Tratava-se de uma pousada em que o turista e seu grupo se hospedaram, no distrito de Albuquerque, em Corumbá (MS), à margem do rio Paraguai. Veja:

O proprietário da pousada informou que o grupo realmente gravou o vídeo no local e a origem do grupo. Os policiais conseguiram identificar o homem e aplicaram multa de R$ 500.

O acusado responderá por crime ambiental por ter capturado a serpente sem a devida permissão, licença ou autorização do órgão ambiental competente. A pousada onde o fato foi registrado estava operando irregularmente e o proprietário foi autuado e multado em R$ 2 mil.

 

Postado originalmente por: Portal MPA

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: