Um ano após reunião na FIEMG e deputados ainda não se comprometeram com obra do hospital

Exatamente um ano. Este é o tempo do movimento criado pela FIEMG em prol do hospital público a ideia era justamente comprometer os deputados que tiveram votos na região a destinar recursos para esta obra tão importante. Infelizmente o pouco empenho dos parlamentares fez pouca coisa mudar.

Criado pela FIEMG o movimento tinha a ideia de buscar recursos de emendas parlamentares dos deputados para finalizar a obra do hospital público. Todos os deputados estaduais e federais que tiveram votos na região Centro-Oeste foram convidados. O levantamento feito pela FIEMG apontou o número de 50 parlamentares, porem apenas 8 compareceram.

O pouco empenho político fez o projeto permanecer parado. O termino do hospital é um dos itens prioritários relacionados pelo grupo gestor no plano de desenvolvimento de Divinópolis. A obra do hospital teve inicio em 2010. O prazo inicial de execução era de 24 meses, ou seja, dois anos, já se passaram nove e ele continua inacabado apenas 70% da obra está concluída. O hospital deve atender cerca de 500 mil pessoas de 55 municípios.

Neste ano o governador Romeu Zema se comprometeu em finalizar 50% do hospital e colocar a unidade para funcionar de forma parcial em 2020. A um ano atrás o deputado federal Domingos Sávio se comprometeu com a FIEMG em destinar 3 milhões de reais para o termino do hospital, mas com o apoio declarado do governador o parlamentar enfatizou que em 2020 vai aportar quase todos os seus recursos na obra, o equivalente a 5 milhões de reais.

Em dezembro de 2018 outros deputados também se comprometeram em aportar recursos. Veja a lista: Reginaldo Lopes anunciou um milhão de reais em emendas. O dinheiro não foi liberado e a assessoria do deputado não respondeu aos questionamentos do MPA. Cleitinho Azevedo prometeu toda a verba da emenda impositiva, cerca de 2,5 milhões de reais. A assessoria também não respondeu ao MPA e o parlamentar vai aportar os recursos no próximo ano. Fabio Avelar se comprometeu com montante de 1 milhão reais em 2018. O dinheiro não foi liberado e a assessoria do deputado não respondeu aos questionamentos do MPA.

Outros deputados como Vilson da FETAEMG, Gustavo Mitre, Stefano Aguiar e Leandro Genaro declaram apoio. Mas o apoio também não se transformou em recursos. A situação preocupa as entidades de classe que compõem o grupo gestor de Divinópolis, principalmente porque estamos próximos de um período eleitoral.

 

O post Um ano após reunião na FIEMG e deputados ainda não se comprometeram com obra do hospital apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Portal MPA

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: