Vereadores de Itapecerica votam reajuste de subsídios para novos mandatos

Vereadores de Itapecerica votaram nesta terça-feira (13), projetos que definem os vencimentos do Poder Executivo e Legislativo a partir de 1º de janeiro. A mesa diretora apresentou as propostas em conformidade com o inciso X do artigo 37 da Constituição Federal. O Projeto de Lei nº 021, de 2016, de autoria da Mesa Diretora, que tramita em regime especial, dispõe sobre a recomposição do valor do subsídio dos vereadores da Câmara Municipal de Itapecerica.

O PL 021 prevê a correção dos subsídios em 7,38%, enquanto o INPC de janeiro de 2015 a fevereiro de 2016, previsto para a recomposição, foi de 11%. Com o reajuste o valor do subsídio dos vereadores passa de R$ 4.946,15 para R$ 5.311,17. O valor do subsídio fixa o vencimento do prefeito de Itapecerica em R$ 14.942,94 e do vice-prefeito em R$ 7.969,06, enquanto o dos secretários passa a R$ 4.687,83.

No plenário da Câmara, dos oito vereadores com possibilidade de voto, sete votaram pela aprovação dos dois projetos de lei: Gilberto de Marilândia (PTB), Zé Rodrigues (PR), Dr. Sinval Diniz (PR), Antônio Balbino (PHS), Xandy (PSC), Marciel (DEM) e Zezé Mariano (PSB). O presidente da casa, Omar Macota (DEM), só votaria em caso de empate. O vereador Dr. Alessandro (PV) foi o único voto contrário à aprovação. Os vereadores Rômulo da Feirinha (PSDB) e Miro (PP) não participaram da reunião, porem suas ausências foram justificadas. O prefeito, Antônio Dianese (PP) pode vetar o projeto e tem 15 dias para optar pelo veto.

Com informações de DestakNews

(Foto Wellington Vieira/DN)

(Foto Wellington Vieira/DN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: