50 mil ficam sem diagnóstico de câncer devido a Covid 19

Desde o início da pandemia de covid-19 no País, ao menos 50 mil brasileiros deixaram de ser diagnosticados com câncer. Outros milhares de pacientes, já com o tumor detectado, tiveram os tratamentos suspensos. Só em abril, cerca de 70% das cirurgias de câncer foram adiadas.

As estimativas são das Sociedades Brasileiras de Patologia e de Cirurgia Oncológica e refletem dois fenômenos: os cancelamentos de procedimentos não urgentes, como exames, consultas e cirurgias; e a recusa de pacientes com outras doenças ou sintomas em procurar um hospital ou clínica por medo de pegarem o coronavírus.

Números levantados pela Sociedade Brasileira de Patologia com alguns serviços de referência do País mostram a queda expressiva no número de biópsias realizadas. Desde meados de março até hoje, foram 5.940 exames do tipo realizados na rede pública de São Paulo, ante 22.680 biópsias no mesmo período do ano passado. Em um centro de referência que atende o Ceará, o número caiu de 18.419 para 4.993 no mesmo intervalo. “Há serviços que ficaram uma semana inteira sem receber um único material para análise. O nosso medo é que tenhamos, daqui a alguns meses, uma epidemia de câncer em estágio avançado, inoperáveis, com baixa chance de cura”, alerta Clóvis Klock, presidente do Conselho Consultivo da Sociedade Brasileira de Patologia.

A sociedade estimou que houve queda de ao menos 50% no número de diagnósticos de câncer no País nos últimos dois meses – o que leva à estimativa de 50 mil casos que continuam desconhecidos pelos pacientes. No Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), o número de pacientes novos que chegam para iniciar tratamento no local despencou 30%, segundo Paulo Hoff, diretor da unidade e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). “Além do risco de muitos desses tumores não diagnosticados evoluírem e ficarem mais graves, temos um segundo problema, que é o represamento desses casos por vários meses. Nosso sistema de saúde não tem uma capacidade infinita de atendimento. Se já tínhamos problema de acesso e demora antes da pandemia, imagine acumular diagnósticos de quatro ou cinco meses e eles aparecerem todos de uma vez mais para frente. Teremos dificuldades para dar conta dessa demanda”, ressalta Hoff.

 

 

Fonte: TERRA

O post 50 mil ficam sem diagnóstico de câncer devido a Covid 19 apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: