A SES estima que 2.500 pessoas precisem ser internadas por Covid-19 no dia 15 de julho

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) estima que 2.500 pessoas precisem de internação no pico da pandemia do novo coronavírus no Estado, previsto para o dia 15 de julho. De acordo com o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, as projeções devem estar próximas ao que será a realidade.

Amaral não deu detalhes sobre a divisão dessas internações entre leitos de terapia intensiva e de enfermaria, nem estimou um número total de casos previstos para a data. “De uma forma geral, focamos mais na necessidade de demanda de leito para as projeções do que nos casos confirmados, porque aqueles que não necessitam de internação têm menos impacto no sistema”, explica.

Na última semana, a SES-MG anunciou a criação de um sistema de monitoramento de leitos no Estado, denominado Escritório de Leitos. O secretário explicou nesta quinta-feira, 2, que a medida visa estabelecer uma aproximação com gestores hospitalares e municipais e garantir a acurácia dos dados referentes à ocupação das vagas de internação.

Esse acompanhamento mais próximo vai permitir que o Estado tenha uma visão mais direcionada sobre a necessidade de abertura de leitos e da gestão adequada de recursos, pontuou Amaral.

Desde o início da pandemia, dos 50.707 casos confirmados, 5.794 demandaram internação nas redes pública e privada do Estado, segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta quinta-feira, 2. A atualização diária da ocupação de leitos em Minas foi suspensa no início da semana para uma atualização do sistema seguindo a nova metodologia adotada pelo Governo. Questionada sobre os dados, a SES-MG ainda não se manifestou.

 

Fonte: Agência Brasil

O post A SES estima que 2.500 pessoas precisem ser internadas por Covid-19 no dia 15 de julho apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: