AMEG realiza a 178ª assembleia geral ordinária para deliberação e prestação de contas dos serviços realizados em 2020

PASSOS – A Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg) e a Associação Pública dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Consórcio Ameg) realizaram em sua sede em Passos, na manhã de ontem, 29, a 178ª Assembleia Geral Ordinária para deliberações e prestações de contas de serviços realizados no exercício de 2020.

Respeitando todos os protocolos sanitários e conforme o Minas Consciente, participaram do evento os prefeitos e representantes dos municípios de Capetinga, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Claraval, Guapé, Ibiraci, Itaú de Minas, Passos, São João Batista do Glória, São José da Barra e São Roque de Minas. Já deliberando sob a condição de transição entre associação para consórcio público intermunicipal, chefes dos executivos municipais da região assinaram o Contrato de Rateio do Consórcio Ameg e analisaram as primeiras minutas para estabelecer os Contratos de Programa e viabilizar os serviços da Patrulha Motomecanizada e o Castramóvel.

Diferentemente do Contrato de Rateio, em que todos os municípios que assinaram o Protocolo de Intenções contribuem mensalmente com o consórcio público, os contratos de programa são assinados de forma independente, dividindo os custos específicos apenas entre os municípios que fizerem a adesão. “Nós estamos num período de transição em que os serviços que hoje são prestados pela associação passarão a ser executados pelo Consórcio Ameg. Nessa mudança, no geral, nós buscamos da melhor maneira a redução da mensalidade definida no Contrato de Rateio, que é o recurso que mantém a estrutura administrativa da entidade. Só para citar um exemplo, um município maior que anteriormente pagava para a associação uma contribuição de doze mil por mês, no consórcio pagará um pouco mais de oito mil, ou seja, nós criamos condições para que todos os municípios se
unam à Ameg para fortalecer nossa região.

Já para aqueles serviços que o município achar fundamental realizar de forma consorciada e que não esteja previsto no contrato de rateio, ele assina um contrato de programa e paga conforme as demandas pré-definidas”, explica o prefeito de São José da Barra e presidente da Ameg, Paulo Sérgio Leandro de Oliveira, Serginho. Conforme Serginho, através do contrato de rateio o Consórcio Ameg oferecerá aos municípios, sem custos, parte do Serviço do Castramóvel, o Serviço de Inspeção Para Produtos de Origem Animal (SIM/SIR), Licitações Conjuntas, Programa de Capacitações para Agentes Públicos, Serviços de Engenharia, Arquitetura e Topografia, Câmaras Técnicas de todas as pastas municipais, Pareceres Jurídicos de interesse dos Municípios, espaços para a realização de reuniões e eventos de interesse dos municípios, entre outros.

“Às vezes a gente até se esquece de citar que a maior importância da Ameg está na força que ganhamos quando os 22 municípios cobram juntos melhorias para a região. Uma coisa é um prefeito chegar no governador, num deputado ou
senador e pedir apoio para uma demanda, outra coisa, é chegar um grupo de prefeitos, unidos em torno de um objetivo, e cobrar essas melhorias para a região. Ou seja, a força política que nós temos é muito maior quando estamos unidos”, explica o presidente da Ameg.

 

Fonte: Folha Da Manhã

O post AMEG realiza a 178ª assembleia geral ordinária para deliberação e prestação de contas dos serviços realizados em 2020 apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: