Casos de tuberculose preocupam região do Sul de Minas. Confira os números em Carmo do Rio Claro

O quadro de pacientes diagnosticados com tuberculose nos últimos quatro anos dobrou, conforme os dados da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), no ano de 2019 foram confirmados ao todo, 96 novos casos da doença somando o resultado de diversas cidades que cercam a região do Sul de Minas. No início da série foram registrados somente 48 notificações.

De acordo com o SES-MG, a tuberculose é uma doença infecciosa e contagiosa, causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões, mas também pode atingir outras partes do corpo. Em todo o mundo, são registradas aproximadamente 9,6 milhões de casos todos os anos, sendo uma morte a cada 21 segundos. Além disso, a tuberculose é transmitida de pessoa para pessoa através do ar, quando um doente tosse, canta ou fala mais alto.

Os sintomas da tuberculose são: tosse com mais de três semanas de duração acompanhada ou não de febre ao fim da tarde, suor noturno e emagrecimento. Caso apresente tais sintomas é importante procurar  a unidade de saúde mais próxima para realizar o tratamento.

A tuberculose tem cura, e o tratamento é oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para que haja o máximo de aproveitamento é importante que o paciente tome os medicamentos de forma regular no tempo previsto. Após 15 dias de tratamento o paciente deixa de transmitir a doença. Além disso, é importante destacar que, quem convive com a pessoa com tuberculose também necessita de medicação.

Em Carmo do Rio Claro, o registro dos casos últimos quatro anos passou por oscilações. No ano de 2016, a cidade apresentava o total de três infectados, no ano seguinte, o número caiu para um caso, em 2018 volta a subir para cinco casos e em 2019 finalizando o período de análises, mantém o número de cinco casos notificados. Ao total foram 14 casos sendo considerado um dos maiores em uma projeção de área que abrange as cidades de Alpinópolis, Bom Jesus da Penha, Capetinga, Capitólio, Cássia, Delfinópolis, Fortaleza de Minas, Itaú de Minas, Jacuí, Passos, Piumhi, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, São Roque de Minas, São Sebastião do Paraíso e São Tomás de Aquino.

Foto: Reprodução Folha da Manhã

No levantamento, a cidade de Passos destaca-se no número de casos notificados e o aumento crescente no período analisado, totalizando 142 novos casos em quatro anos.

 

O post Casos de tuberculose preocupam região do Sul de Minas. Confira os números em Carmo do Rio Claro apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: