Dia do Caminhoneiro: dicas para um trânsito mais seguro

O dia caminhoneiro é comemorado em 30 de junho, esse que é um dos profissionais mais importantes para a economia do país. A manutenção da sociedade como existe hoje é totalmente abastecida pela atividade desse trabalhador, que transporta quase 60% de toda carga brasileira, segundo estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT). No Brasil circulam aproximadamente 2 milhões de caminhões, de acordo com dados divulgados pela consultoria NTC & Logística.

Ou seja, se o trânsito é composto por cerca de 65 milhões de veículos, menos do que 5% desse total é responsável pelo crescimento ou declínio de uma nação. Para tornar o trabalho desse profissional tão essencial no Brasil, listamos dicas que tornam o trânsito mais seguro com o auxílio de Pedro Lion, engenheiro mecânico e gerente de produto da Cobli, startup de ciência de dados para mobilidade focada em gestão de frotas. Confira a seguir:

Manutenção para prevenir acidentes

Veículos que constantemente enfrentam as estradas são mais suscetíveis a desgastes. Por esse motivo, os caminhoneiros precisam ficar atentos e atuar preventivamente na manutenção de seus caminhões para evitar que falhas aconteçam e desencadeie em graves acidentes. Troca de filtros, óleo de motor, checagem de freios e suspensão, luzes de freios e sinalização e verificação dos pneus são itens básicos a serem observados com regularidade.

A falta de manutenção preventiva pode deixar um veículo parado por, em média, três dias, o que prejudica o trabalho do profissional e também da empresa que conta com seus serviços de transporte de cargas. “Em geral, a cada 10 mil kms rodados ou 6 meses de uso, se faz necessária uma checagem completa dos itens principais para o bom funcionamento do caminhão. Pneus, fluídos, filtros e freios são os itens que precisam de atenção mais recorrente, pois são itens de segurança importantes”, detalha o engenheiro.

Montadoras de caminhões afirmam que a manutenção preventiva evitaria 80% dos consertos não programados, o que valoriza o orçamento do caminhoneiro. O Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios (Sindirepa) afirma que 60% circulam com falta de reparos necessários, enquanto o Instituto Scaringella Trânsito revela em pesquisa que 30% dos acidentes são causados por essa falta de revisão.

Alertas do modo de condução

A maneira como um motorista conduz o veículo pode contribuir para o desencadeamento de um acidente. Aceleração acima do limite de velocidade, frenagens bruscas, curvas acentuadas em alta celeridade, falta de atenção e imprudência são fatores que, quando associados a um carro ou a uma moto em uma colisão, já gera grandes estragos. O recorte para os caminhões, esse panorama é ainda mais grave pelas dimensões do automóvel.

Os perigos de uma condução inadequada em caminhões piora quando há excesso de carga e falta de manutenção. Além disso, pode gerar mais gasto com combustível e também com troca de peças como, por exemplo, os freios e pneus por frenagens exageradas e bruscas”, afirma Lion.

Por esse motivo, manter uma direção dentro dos limites estabelecidos pelas leis de trânsito traz mais segurança para o caminhoneiro e os outros motoristas e ainda poupa custos desnecessários.

Roteirização para diminuir trajetos e aumentar segurança

Um roteiro bem desenhado é ideal para otimização de tempo, economia de combustível e também evitar trajetos perigosos por conta de assaltos e acidentes. “A aplicação de um sistema de roteirização pode diminuir até 10% dos quilômetros rodados, isso gera economia para empresa, além de menos carros na rua fazendo volume desnecessário no trânsito”, comenta o especialista.

A possibilidade de ter um trajeto pré-estudado evita rotas que sejam de vias com mais tendência a condução perigosa ou sujeitas a assaltos. “Fizemos um projeto que foi possível mapear e predizer 85% dos roubos de carga em uma empresa de bens de consumo. Além disso, criamos um mapa online que aponta os locais com mais e menos incidentes de direção de risco e que podem causar acidentes e que pode ser acessado em https://amarelo.cobli.co/. Essas precauções evitam impactos na vida do caminhoneiro, tanto físicos quanto financeiros”, finaliza o gerente de produto da Cobli.

 

O post Dia do Caminhoneiro: dicas para um trânsito mais seguro apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: