Falta de respiradores nos hospitais preocupam pneumologista, por causa do coronavírus

Com o aumento de casos do novo coronavírus, no Brasil, o que mais é mais preocupante, são os números de ventiladores (respiradores artificiais) que existem nos hospitais brasileiros.

Segundo o médico pneumologista Luiz Fernando Ferreira Pereira, apesar a insuficiência de leitos do Serviço Único de Saúde no país, a falta de respiradores será uma grande impacto para os pacientes em estado grave por causa do coronavírus.

O ventiladores, são usado para paciente em estado grave, ou seja, pessoas entubadas, ou em risco de morte. Esses respiradores ajudam o corpo a levar oxigênio e eliminar o gás carbônico do organismo. Já que ainda não existe um medicamento especifico para combater o coronavírus, a melhor opção para os casos mais graves é o uso de respiradores e de medicamentos que prolongue a vida dos pacientes para um tempo maior de recuperação, segundo Luiz.

A secretária de Saúde de Minas Gerais, informa que de acordo com o Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde que são usados pelo SUS em  Minas Gerais 2.934 respiradores e que Minas conta com 2.795 leitos de UTI, onde poderão ser usado para atendimentos graves pela infecção pelo coronavírus, podendo adquirir outros leitos na rede privada e habilitar novos, em caso de necessidade.

Ainda, a Secretária declara que está vendo novas possibilidades para mais abertura de leitos no municípios, com parceria do Ministério da Saúde e disse que sobre a situação envolvendo o Covid-19 estão sendo estudados todos os aspectos para o combate da doença.

O post Falta de respiradores nos hospitais preocupam pneumologista, por causa do coronavírus apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: