Geração de empregos em agosto é derrubada pelo fim do período da colheita

O fim do período da colheita do café fez com que as 10 maiores cidades do Sul de Minas fechassem o mês de agosto com saldo negativo de geração de empregos. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e desempregados (Caged), do Ministério da Economia, divulgados nesta quarta-feira, 25, as maiores da região fecharam 204 vagas de trabalho em agosto.

Só a agropecuária foi responsável pelo fechamento de 1.470 vagas formais de trabalho devido ao fim da colheita do café. O setor de serviços gerou 596 novos empregos e a indústria, 401 novos postos de trabalho.

Entre os municípios, destaque para Pouso Alegre, que gerou 369 novos empregos em agosto, sendo a maioria na indústria: 183. Varginha aparece na sequência gerando 205 novos empregos e Passos em terceiro, com 132 novos postos de trabalho.

Extrema, que não está entre as maiores da região, mas se destaca pelo polo industrial, gerou 137 novas vagas de emprego em agosto.

Entre as que mais demitiram, aparecem Três Pontas, que fechou 499 vagas somando todos os setores, sendo 560 só na agropecuária e Lavras, que fechou 124 empregos.

Cidades que mais geraram empregos em agosto: Pouso Alegre (369);Varginha (205); Extrema (137); Passos (132); Poços de Caldas (17); Itajubá (23); Alfenas (87); Três Corações (96); S. S. Paraíso (98); Lavras (124); Três Pontas (499).
Fonte: Caged, Ministério da Economia

Geração de empregos no ano
Em todo o ano de 2019, destaque para Pouso Alegre, que já gerou 2.020 novos postos de trabalho, sendo que 1.164 deles no setor de serviços e outros 816 apenas na indústria.

Na sequência aparece Três Pontas, com 840 novos empregos gerados no ano. O resultado é puxado principalmente pela indústria, que já gerou 332 vagas. Alfenas aparece em terceiro lugar entre as maiores, com 773 novos empregos, número puxado principalmente pela agropecuária, que gerou 343 no ano.

Extrema mais uma vez aparece entre os destaques positivos. O município de 37 mil habitantes, mas que já tem o 2º maior PIB do Sul de Minas, já gerou 735 novas vagas de trabalho no ano.

Cidades que mais geraram empregos em 2019: Pouso Alegre (2.020); Três Pontas (840); Alfenas (773); Extrema (735); Varginha (553); Poços de Caldas (378); Três Corações (317); S. S. Paraíso (192); Lavras (38); Passos (71); Itajubá (434).
Fonte: Caged, Ministério da Economia

O post Geração de empregos em agosto é derrubada pelo fim do período da colheita apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: