Motorista que fugiu do acidente com ônibus na BR-381 segue desaparecido

O motorista que fugiu da cena do acidente envolvendo um ônibus de turismo que caiu de uma altura de 23 metros da chamada Ponte Torta, na BR-381, entre João Monlevade e Nova Era, na região Central de Minas, na tarde da última sexta-feira (4), ainda não foi localizado para prestar esclarecimentos.

Outro motorista do veículo, segundo informou a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em coletiva de imprensa realizada, na tarde deste sábado (5), em Belo Horizonte, está entre os 18 mortos. A existência de um terceiro motorista no coletivo ainda está sendo investigada. Outras 26 pessoas sobreviveram ao acidente.

“Estamos ouvindo testemunhas que estavam no local do acidente, e as vítimas, para termos a confirmação de quem é este motorista que sobreviveu e ainda não foi localizado. Se for confirmado que ele abandonou a cena do acidente, o próprio Código de Trânsito já prevê as penalidades que ele poderá sofrer. Mas ainda precisamos esperar as investigações para saber quais medidas serão tomadas com relação a este motorista”, salientou o delegado da Polícia Civil Paulo Tavares, responsável pelo caso.

Durante a autópsia feita nos corpos das 18 vítimas do coletivo, a polícia confirmou que todos eles faleceram de politraumatismo contuso, o que, conforme o superintendente da Polícia Civil, Thales Bittencourt, já se é esperado em acidentes com a mesma dinâmica. Da madrugada de sexta (4) até a manhã deste sábado (5), todas as necropsias das 18 vítimas foram feitas, sendo que três delas foram identificadas por meio de suas digitais.

“Estamos tendo muita cautela, já que o maior desafio, neste caso, é realmente identificar os corpos, haja vista a grande quantidade. Quando ocorrem acidentes como esse, os documentos de identificação se misturam e é preciso tomar muito cuidado. Além disso, todos corpos foram radiografados, inclusive, as suas arcadas dentárias, caso haja dificuldade de uma papiloscopia (processo de identificação humana por meio das impressões digitais) posterior”, acrescentou o superintendente.

Até o momento, oito vítimas do acidente, que estavam dentro do coletivo, já foram ouvidas pelos investigadores. No entanto, conforme o delegado Thales Tavares, a expectativa é coletar o máximo possível de depoimentos nos próximos dias. “Sabemos que a maioria dos passageiros não é da região e que logo retornará para as suas casas, dificultando conseguirmos os depoimentos. Caso isso aconteça, a coleta de informações será feita nas delegacias das regiões”, explicou o delegado Tavares.

Acolhimento

Para auxiliar as famílias das 45 pessoas que estavam no ônibus que caiu, a polícia informou que firmou parcerias com o Sesc, que está oferecendo hospedagem aos mesmos, e com o Restaurante Popular, que ficou a cargo de ajudar com a alimentação dos familiares.

Sobreviventes

Antes de o ônibus de turismo cair da ponte, algumas pessoas conseguiram pular do veículo em movimento, na tentativa desesperada de salvar as suas vidas. Infelizmente, mesmo assim, 18 pessoas morreram e 26 ficaram feridas, entre elas, um garoto de 15 anos.

 

Fonte: O Tempo

O post Motorista que fugiu do acidente com ônibus na BR-381 segue desaparecido apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: