MP deve investigar a morte dos peixes no Lago de Furnas

Os produtores que tiveram prejuízo com a mortandade dos peixes no Lago de Furnas, em Alfenas se reuniram na última segunda-feira (13), no Ministério Público. O intuito da reunião? Os produtores querem as explicações para a morte de toneladas de peixes no último fim de semana.

Sendo assim, o Ministério Público já está analisando o caso. Inclusive, os primeiros laudos sobre a qualidade da água que foi feito pelo MP já foram repassados a Polícia Ambiental.

“O que o Ministério Público vai fazer agora é instaurar uma investigação e a partir dessa investigação procurar identificar a causa mortis desses peixes e identificar um eventual autor do lançamento de efluentes no Lago de Furnas que tenha contaminado a água e provocado a morte desses peixes”, disse o promotor de Justiça Fernando Ribeiro Magalhães Cruz.

O prejuízo aos produtores foi muito grande e inesperado. Por exemplo, só um produtor perdeu mais de 50 toneladas de peixe no último fim de semana. De acordo com algumas informações dadas pelo produtor, ao todo foram sete anos de trabalho perdido. Essa perda é geral, além do prejuízo financeiro, as despesas com o frigorífio e do entreposto de pescado cadastrado na agricultura familiar, onde os funcionários correm o risco de perder o emprego.

Além disso, o produtor também é obrigado a retirar toda matéria em decomposiçaõ da propriedade. Além desse exemplo, outros produtores foram lesados pela mortandade dos peixes, em outro caso, o produtor teve um prejuízo de 12 toneladas de peixe.  O caso também atingiu uma psicultura há 90 dias.

Em nota, a Copasa disse não se responsabilizar com o ocorrido. De acordo com uma vistoria feita no último sábado pela Polícia Militar do Meio Ambiente, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) opera dentro da normalidade.

Por fim, a empresa Furnas informou que não foi comunicada sobre o caso e que não foram realizadas manobras de operação com potencial de provocar este fenômeno. Ainda, a empresa diz que monitora periodicamente a qualidade da água dos reservatórios.

Foto: Reprodução

 

Por Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: