Polícia Federal investiga suspeitos de fornecer álcool em gel ineficaz contra o coronavírus

A Polícia Federal (PF) investiga uma suspeita de crime contra a saúde pública. Segundo a instituição, empresas de Belo Horizonte e da região metropolitana teriam fornecido álcool em gel inadequado para a polícia do estado do Rio Grande do Sul. Policiais cumprem quatro mandados de busca e apreensão nesta terça-feira na capital e em São José da Lapa.

“As investigações tiveram início em agosto último, em Porto Alegre (RS), após a Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio Grande do Sul ter identificado, por meio de perícia, que álcool gel adquirido para uso em suas dependências estava em desconformidade com as exigências medicinais. A disparidade de informações entre as especificações técnicas de rotulagem e o conteúdo do produto o torna inócuo à sua finalidade de prevenção à Covid-19”, explica a Polícia Federal.

A apuração passou a ser feita pela Superintendência Regional em Minas e a 35ª Vara Criminal da Justiça Federal em Belo Horizonte expediu os mandados judiciais. A ação é realizada em conjunto com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Vigilância Sanitária da Prefeitura de BH.

“Se constatada a prática de infração penal, os envolvidos poderão responder pelo crime de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e pelo crime de estelionato, cujas penas podem chegar a 15 e 7 anos de prisão, respectivamente”, enfatiza a PF.

 

Fonte: Estado de Minas

O post Polícia Federal investiga suspeitos de fornecer álcool em gel ineficaz contra o coronavírus apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: