Público acredita que ano econômico inicia a partir de março

Os meses de janeiro e fevereiro são marcados por recolhimentos de impostos, férias, viagens e o feriado de Carnaval que dura por dias. Isso faz com que a população considere que a economia passe a se movimentar a partir do mês de março. Porém, dirigentes de entidades em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, querem derrubar essa mentalidade.

Segundo os gestores, esse mito deve ser combatido, esse momento inicial do ano que é ignorado por muitos é um dos mais importantes com alguns setores. Turismo, hotelaria, transporte e entretenimento são exemplos de áreas que se beneficiam nessa época do ano.

Paulo Romes Junqueira, presidente da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), explicou que para ele desde o início do ano se deve atenção a economia. “Pois o que faz algo melhorar e as situações se alterarem positivamente são atitudes e ações”.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) em Uberlândia, Cícero Heraldo Novaes, comentou que essa mentalidade criada, gerou um período improdutivo no ano. “Então, esta máxima de que ‘o ano comercial no Brasil só começa depois do carnaval’, acabou servindo de pretexto para que grupos de pessoas, que são funcionários públicos e privados, estudantes, autônomos, desempregados e outros, transformem esta época em um momento economicamente improdutivo, o que não é verdade”, afirmou

Segundo os gestores, esse mito deve ser combatido, esse momento inicial do ano que é ignorado por muitos é um dos mais importantes com alguns setores. Turismo, hotelaria, transporte e entretenimento são exemplos de áreas que se beneficiam nessa época do ano.

Paulo Romes Junqueira, presidente da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), explicou que para ele desde o início do ano se deve atenção a economia. “Pois o que faz algo melhorar e as situações se alterarem positivamente são atitudes e ações”.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) em Uberlândia, Cícero Heraldo Novaes, comentou que essa mentalidade criada, gerou um período improdutivo no ano. “Então, esta máxima de que ‘o ano comercial no Brasil só começa depois do carnaval’, acabou servindo de pretexto para que grupos de pessoas, que são funcionários públicos e privados, estudantes, autônomos, desempregados e outros, transformem esta época em um momento economicamente improdutivo, o que não é verdade”, afirmou

O post Público acredita que ano econômico inicia a partir de março apareceu primeiro em .

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: