Zema fala nesta quinta-feira sobre a situação da pandemia em Minas

Com Minas Gerais vivendo seu pior momento desde o início da pandemia de COVID-19, o governador Romeu Zema (Novo) e o secretário de estado de Saúde, Fábio Baccharetti, darão um panorama da situação da doença nos últimos dias. Eles falarão com os jornalistas nesta quinta-feira (8/4), às 8h30, na Cidade Administrativa.
Um dos pontos a serem discutidos pode ser o prolongamento da onda roxa às macrorregiões que não avançaram na oferta por leitos, casos e mortes por COVID-19.
Além da alta demanda por internações em várias regiões do estado, Minas entrou na fase mais crítica da pandemia ao registrar a marca de 508 mortes pelo novo coronavírus em 24 horas, um recorde, o que eleva o total para mais de 26,3 mil óbitos desde março do ano passado.
O recorde de mortes por COVID-19 no estado havia sido registrado na sexta-feira (2/7), quando foram contabilizadas 486 vidas perdidas. Com exceção de segunda-feira e terça-feira (5/4 e 6/4), Minas somou número superior a 300 mortes em 24 horas nos últimos dias.

O estado teve, na primeira semana de abril, um aumento de 324% no número de óbitos pelo novo coronavírus em relação ao mesmo período em janeiro.

Em relação a março – quando a SES-MG já havia alertado sobre o pior período da pandemia –, a elevação foi de 100%.

Mesmo com medidas duras de isolamento, o número de casos em um único dia foi extremamente alto (13.358), totalizando 1.061.397 infectados.

Minas Gerais está atrás apenas de São Paulo como o estado de maior número de contaminados pela doença.

A alta procura por UTIs em todo o estado é uma preocupação a mais para as autoridades. Atualmente, 3.950 pacientes estão internados, correspondendo a 86,15% das vagas preenchidas.
Ainda há 650 pessoas à espera de leitos para internações.
Em relação às enfermarias, a ocupação é inferior, mas em nível preocupante: 75,88%, correspondendo a 15.195 pessoas utilizando o serviço de saúde. Ainda há 883 infectados à espera de vagas. Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG).
 
Fonte: Estado de Minas

Postado originalmente por: Portal Onda Sul – Carmo do Rio Claro

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: