Estado abre vagas temporárias para ações de reparação

Profissionais atuarão em ações de compensação do desastre da Vale, em Brumadinho

 

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) torna público o processo seletivo simplificado, para contratação temporária de 18 profissionais que atuarão em ações de reparação e compensação dos danos provocados pelo rompimento da Barragem B1, da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na região Central.

As vagas são para atuação em Belo Horizonte, Curvelo e Divinópolis. As inscrições podem ser feitas no site da Sedese (www.social.mg.gov.br) a partir das 8h do dia 18/5 até às 23h59 do dia 25/5 (horário de Brasília).

Etapas

O processo seletivo terá três etapas: candidatura e habilitação; análise de currículos e títulos, e entrevista. As candidaturas serão avaliadas por uma comissão instituída por meio da Resolução Sedese nº 17/2020.  O prazo de validade do Processo Seletivo Público Simplificado – Edital Sedese nº 01/2020 será de até seis meses, a partir da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado pelo prazo máximo de 18 meses.

A seleção dos profissionais ocorre em função da celebração, em fevereiro deste ano, de um termo de acordo entre o Comitê Gestor Pró-Brumadinho e a Vale, homologado em juízo, em março. Os valores das contratações – incluindo encargos, acréscimos e demais vantagens – serão custeados pela mineradora.

Seleção

Os candidatos deverão se inscrever na página  www.social.mg.gov.br e fornecer as informações solicitadas como cópias digitalizadas de diplomas, emitidos por instituições de ensino oficiais, de carteira de trabalho e de registro em conselho de classe, quando for necessário.

Serão analisados os currículos e os títulos dos candidatos para habilitação, com caráter eliminatório, e pontuação conforme os critérios estabelecidos no edital. Os três candidatos com maior pontuação, por vaga, serão convocados para etapa de entrevista, que poderá ser realizada por meio de videoconferência.

Vagas

O edital contempla 18 vagas para exercício de atividades em Belo Horizonte, Curvelo e Divinópolis. Veja abaixo as descrições e requisitos para a função.

Função: Analista de Gestão e Políticas Públicas em Desenvolvimento

Remuneração bruta: R$ 2.292,09 + vale alimentação de R$ 47 por dia trabalhado

Escolaridade: Ensino superior completo

Carga horária: 40 horas semanais

Atribuições: Apoio técnico às ações da Sedese nos municípios atingidos pelo rompimento da Barragem B1, da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho.

SEGOV – Governo de Minas

Postado originalmente por: Portal Sete

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: