Justiça Eleitoral nega pedido do deputado Douglas Melo em ação contra Leonardo Barros

Em sua coluna no jornal “Boca do Povo” desta quinta-feira (23), o jornalista Edson Eustáquio Ramos Paredão, falou sobre a  decisão judicial impetrada pelo Deputado Estadual Douglas Melo  (MDB)contra Leonardo Barros.

Leia abaixo a nota publicada:

A juíza auxiliar de propaganda   eleitoral de Minas Gerais, Cláudia Costa Cruz Teixeira Fontes, não encontrou subsídios e nenhum motivo para manter o processo do deputado estadual Douglas Melo contra Leonardo Barros, que utilizou da rede social para criticar ações políticas e o desempenho parlamentar do deputado sete-lagoano.

É pena que o nosso deputado esteja trilhando o mesmo caminho de velhos caciques políticos da cidade, que na tentativa de intimidar a imprensa e colunistas, mantinha no corpo dos quadros funcionais do município advogados exclusivamente para ficar propondo ações contra a classe.

Os métodos do deputado Douglas Melo são os mesmos, pois em uma ação recente contra minha pessoa, o advogado dele era um senhor que também faz   parte  do corpo funcional e jurídico do escritório do Aluísio Barbosa e também da Codesel.

No escritório do Aluísio, existe um pagamento de R$ 6 mil mensais feito pela ALMG, e o advogado agora recebe também da Codesel. Como disse a Ministra do Supremo Tribunal Federal Carmem Lúcia, quem não quer ser criticado ou ter sua vida pública exposta ao julgamento do povo e da imprensa, melhor ficar em casa.

 

Postado originalmente por: Portal Sete

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: