Pedro Parente pede demissão da presidência da Petrobras

Presidente da Petrobras não resistiu à greve dos caminhoneiros

A Petrobras anunciou a demissão do presidente Pedro Parente na manhã desta sexta-feira. O executivo estava, por volta das 11h30, em reunião com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.

O encontro – e a demissão – ocorrem após o governo lançar medidas com custo de R$ 13,5 bilhões para baixar o preço do diesel e ajudar a encerrar a greve dos caminhoneiros.

A companhia informa que a nomeação de um CEO interino será examinada pelo Conselho de Administração ao longo desta sexta, e que a composição dos demais membros da diretoria executiva não sofrerá qualquer alteração.

Parente, de 63 anos, substituía Aldemir Bendine – preso no âmbito da operação Lava Jato – e se deparava com uma das maiores crises pelas quais a companhia passou ao longo de sua história.

Demissão de Pedro Parente foi comemorada com coreografia na frente da Regap. Veja o vídeo:

Da Redação, com o Tempo

Postado originalmente por: Portal Sete

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: