Caratinga tem o menor índice de infestação por Aedes aegypti dos últimos quatro anos

Caratinga se mantém em médio risco para epidemia de Aedes aegypti, o mosquito transmissor das arboviroses dengue, zika e chikungunya. O Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti, LIRAa, indica que o município tem índice de 2,8 de infestação. Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde Luís Henrique Bittencourt, é o menor dos últimos quatro anos.

Um desafio em tempo de pandemia é conseguir acesso às residências. Apesar de toda informação divulgada sobre os cuidados diários que os moradores precisam ter para não criar focos do mosquito dentro de casa e nos quintais, a visita do agente de saúde é fundamental para checar os locais que oferecem maior risco, aplicar larvicida e orientar a família.

 

Luís Bittencourt destaca a importância desse trabalho e afirma que os agentes estão orientados a adotarem as medidas de prevenção ao novo coronavírus.

Postado originalmente por: Rádio Cidade – Caratinga / MG

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: