Hospital Nossa Senhora Auxiliadora garante ter insumos para manter atendimento, mas cancela cirurgias agendadas

Muitos hospitais pelo Brasil estão tendo dificuldade de garantir insumos para pleno funcionamento. É o caso do Hospital César Leite. A direção do hospital de Manhuaçu determinou a suspensão de internações para cirurgias eletivas (aquelas que não são de urgência ou emergência) e as atividades de estágio até o término das manifestações dos caminhoneiros.

Segundo a diretoria do hospital, a greve vem comprometendo a entrega de materiais médicos, como órteses e próteses, medicamentos, gêneros alimentícios, oxigênio hospitalar, gás de cozinha, dentre outros. Se a paralisação dos caminhoneiros se mantiver por mais de seis dias, a partir de hoje, outras medidas serão tomadas para garantir o atendimento de urgência e emergência.

Já a direção do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Caratinga, garante que há insumos suficientes para manter as atividades durante a greve dos caminhoneiros. Segundo Eliane Silvério, do departamento financeiro do hospital, os insumos estão sendo comprados em Caratinga para garantir a entrega e as cirurgias agendadas estão suspensas por precaução.


Funcionários da hemodiálise informaram à nossa reportagem que o atendimento segue normalmente com todos os materiais necessários ao suporte dos pacientes.

Postado originalmente por: Rádio Cidade – Caratinga / MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: