Polícia Militar prende quadrilha e recupera 17 cabeças de gado furtadas em Pingo D’Água. Estratégias são adotadas para prevenir e reprimir o furto de animais na região

Uma ação conjunta da Polícia Militar de Bom Jesus do Galho e Piedade de Caratinga resultou na recuperação de 17 cabeças de gado e na prisão de quatro pessoas nessa quinta-feira (13). O gado foi furtado no dia 28 de janeiro, em Pingo D’Água.

De acordo com o sargento Souza Júnior, durante as diligências a PM recebeu informação de que parte do gado estava no distrito de Santo Antônio do Manhuaçu, em Caratinga.

A quadrilha remarcava o gado furtado e produzia notas fiscais e guias de trânsito, forjando a legalidade do transporte.

Durante a operação, a polícia ainda apreendeu duas armas de fogo na casa de um dos suspeitos.

A vítima, um homem que preferiu não se identificar, relatou que desde o ano de 2000 tem uma propriedade rural em Pingo D’Água e por várias vezes foi vítima de furtos de gado.

Todos os envolvidos no crime foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil. De acordo com sargento Souza Júnior, os autores negam a participação no furto.

Durante as ações de prevenção, de agosto de 2018 a outubro de 2019, a PM criou uma grande rede de informações. Através dos cadastros que são feitos em cada carro de boi que passa pela região, foi possível chegar aos autores do roubo do último dia 28.

Como a região de Bom Jesus do Galho e de Pingo D’Água é muito propensa para o crime de furto de gado, a Polícia Militar vem atundo de forma mais ostensiva para coibir o crime. Além dessa ocorrência de ontem (13), que terminou com as cabeças de gado recuperadas, foram registrados outros seis chamados para furto. De acordo com Tenente Edenilson, foi feito um patrulhamento dirigido, com base no calendário lunar, para a ação da polícia ser mais efetiva.

 

Postado originalmente por: Rádio Cidade – Caratinga / MG

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: