Sind-UTE de Caratinga aprova decisão da justiça de suspender retomada das aulas presenciais

Como divulgado na edição dessa terça-feira do Jornal da 89, a 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais decidiu suspender a retomada das aulas presenciais nas escolas públicas de Minas Gerais, depois de ação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Estado (Sind-UTE). A volta às aulas estava prevista para 19 de outubro, nos municípios que estão na Onda Verde do programa Minas Consciente.

A diretora estadual do Sindute de Caratinga Maysa Salgado afirmou que a rede pública estadual não dispõe de estrutura para o retorno presencial das aulas, não atendendo os protocolos exigidos pelo Governo do Estado.


O secretário adjuvanto de Saúde Marcelo Cabral disse apenas que o protocolo adotado é seguro.

A coordenadora geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Minas Denise Romano não acredita que o ano letivo está perdido e considera possível recuperar o tempo em que os alunos e profissionais da educação se ausentaram da sala de aula.

Postado originalmente por: Rádio Cidade – Caratinga / MG

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: