Valadares protesta contra decisão do TJMG que favorece Samarco

Desde 27 de julho o Tribunal de Justiça de Minas Gerais suspendeu temporariamente todas as ações judiciais contra a mineradora Samarco. Isso ocorreu em função de um pedido da empresa para a aplicação de uma medida que, caso adotada, permitirá que o TJMG tenha até um ano para dar uma decisão única que se aplique aos cerca de 70 mil processos que tramitam contra a Samarco no estado. A maioria desses processos é da comarca de Governador Valadares, onde foram movidas cerca de 55 mil ações.

A população valadarense está indignada com a possibilidade da empresa ganhar ainda mais tempo para ressarcir os danos causados. Centenas de pessoas participaram de um protesto na tarde dessa segunda-feira (07), convocado pela Ordem dos Advogados do Brasil, OAB, de Valadares. O ato quis demonstrar que a suspensão na justiça dos processos contra a Samarco é um risco para os moradores que se sentiram prejudicados pelo rompimento da barragem.

Os manifestantes caminharam até o fórum. As duas vias da rua Marechal Floriano ficaram temporariamente interrompidas e motoristas precisaram fazer desvios.


Um grupo de oitenta advogados irá ao Tribunal de Justiça para tentar reverter a decisão.

Postado originalmente por: Rádio Cidade – Caratinga / MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: