ABCZ anuncia adiamento da programação da 86ª ExpoZebu

Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) anunciou oficialmente o adiamento da 86ª ExpoZebu, que iria acontecer entre os dias 25 de abril e 3 de maio em Uberaba. Em nota divulgada na manhã de ontem, a entidade se diz sensível à situação atual, que envolve a questão do coronavírus (Covid-19), e que a medida se deu em respeito aos decretos de emergência editados pelo Governo de Minas Gerais e pelo Governo Municipal. 

A decisão foi adotada de forma unânime pela atual diretoria, presidida por Rivaldo Machado Borges, sendo comunicada na manhã de ontem ao prefeito Paulo Piau, em reunião realizada na sede da entidade, no Parque Fernando Costa.

A ABCZ, na nota, afirma que lamenta profundamente o fato, mas entende que a decisão evidencia extrema responsabilidade, que sempre foi observada em toda a trajetória da entidade classista, que este ano completa 101 anos. Além disso, a ABCZ assegura que sempre atuou em consonância com o governo, seguindo rigorosamente suas recomendações.

Informa, ainda, que o adiamento, quarenta dias antes do evento, garantirá mais segurança e tranquilidade ao público, expositores e patrocinadores da ExpoZebu. As novas datas serão divulgadas em momento oportuno, mediante o cenário futuro.

A 86ª ExpoZebu foi lançada oficialmente no dia 10 de março, com expectativa de atrair público de 320 mil pessoas e movimentar R$250 milhões. Desde o anúncio, havia o pedido de adiamento, sendo inclusive criado um abaixo-assinado virtual tendo em vista a presença de estrangeiros, vindos de vários lugares do mundo, e a aglomeração de pessoas, em razão dos shows. 

A ABCZ também tomou outras medidas de segurança, restringindo acesso ao Parque Fernando Costa. A entidade suspendeu por tempo indeterminado as visitações no Museu do Zebu e o funcionamento do Parque Infantil e Pérgola Demilton Dib, montados atrás da sede da ABCZ. Além disso, a partir desta quarta-feira (18) estão proibidas as atividades físicas no interior do Parque Fernando Costa. Em nota, a entidade explica que as medidas fazem parte da força-tarefa para contenção da doença. 

IFTM e Fazu também suspenderam atividades acadêmicas desde ontem 

O Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) suspendeu ontem atividades presenciais por dez dias, em todas suas unidades, entre os dias 18 e 28 de março. Um comunicado oficial com as medidas tomadas foi encaminhado aos servidores e estudantes do IFTM e publicado nas redes sociais e site institucional. Embora estabeleça um período de dez dias, o comunicado também prevê a possibilidade de prorrogação do prazo de suspensão caso haja “persistência das condições de contaminação do vírus”. 

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) também suspendeu as aulas e atividades presenciais desde o meio-dia de ontem até o próximo dia 22, conforme orientação do Decreto Estadual 113, de 15 de março de 2020. “Aulas, trabalhos, atividades e estudos devem ser realizados virtualmente (EaD) a partir da próxima segunda-feira (23) até 31 de março de 2020”, informa.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: