Pedro Cine Fotos
Uberaba e Região

ABCZ exibe relatório de 2017 evidenciando economia, investimentos e projetos inovadores

Por: Rádio JM 730 AM 03/04/2018 0:30

Foi com unanimidade que os associados aprovaram na última semana o relatório anual da diretoria 2016-2019 da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ). O ‘Resumo de Atividades 2017’ evidenciou a eficiência administrativa da entidade que registrou não só economia aos cofres da instituição, como grandes investimentos e lançamentos inovadores para o setor.
O documento completo apresentado aos associados conta com cerca de 20 páginas e reúne todas as ações e avanços da ABCZ no ano passado. Entre os dados que chamam atenção está o valor investido em imobilizações, que chega a R$2.2 milhões. As obras incluíram reforma do pórtico de entrada e criação de importantes espaços como o, já referência, Residencial ABCZ e dois novos restaurantes.
O balanço financeiro positivo também surpreendeu com R$3,09 milhões, contra resultado negativo de R$3,8 milhões em 2016. Os números ainda mostram que a posição de caixa também evoluiu de R$9,5 milhões em 2016 para R$12,3 milhões em 2017.
“Lançamos importantes projetos visando o avanço da pecuária zebuína mundial, como o Projeto de Aplicação da Seleção Genômica, os projetos Carne e Leite de Zebu, a Marca do PMGZ e o PMGZ Internacional. E efetivamos a execução desses programas. O PMGZ Internacional teve dois convênios importantes firmados: com a Bolívia e com a Nicarágua. A equipe da Seleção Genômica foi a campo e coletou dados nas primeiras fazendas. O Carne de Zebu selecionou rebanhos parceiros e distribuiu doses para inseminação, cujos produtos formarão o primeiro lote de animais que nos ajudará a divulgar a importância do touro PO na cadeia de produção”, destacou o presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, durante a assembleia.
Diretamente para os associados também foram apresentadas novidades para valorização do associado, com a disponibilização de um novo serviço exclusivo: o Bolsa de Mercadorias ABCZ; e a reinauguração da Sala do Associado Nenê Gomes. Além da política de descontos incentivando novas inscrições. Só em 2017 foram 330 novos associados, sendo que o quadro total atingiu cerca de 22 mil.
Outros destaques no relatório foram: o crescimento em mais de 90% do número de eventos do Pró-Genética; a autorização da reabertura do ETR no Rio de Janeiro e abertura de um ETR em Santa Catarina; além da força e a representatividade política da entidade, que marcou posicionamentos através de notas oficiais na defesa dos interesses da classe. Na área de comunicação, projeto gráfico mais moderno da Revista ABCZ, e criação de novos produtos, como o WhatsApp da Imprensa da ABCZ e o Minuto ABCZ. 2017 também foi marcado por várias ações sociais para a comunidade de Uberaba, sem impacto para os cofres da ABCZ.
O sucesso da ExpoZebu e da ExpoGenética também ficou evidente pelo relatório. Só na ExpoZebu, foram 220 mil visitantes, um público 60% maior do que no ano anterior, além de 100% da área comercial ocupada e movimentação de cerca de R$150 milhões.
84ª ExpoZebu:  Com os bons números de 2017, a expectativa é de ainda mais movimento na edição 2018 da ExpoZebu. A feira acontece entre os dias 28 de abril e 6 de maio e vai contar com os já tradicionais julgamentos e debates técnicos e políticos, uma programação extensa de lazer com shows nacionais, Vila Universitária e Festival de FoodTrcuk, além das novidades: Feira + Gastronomia no Parque Fernando Costa, e feira de tecnologia e a EquiShow (exposição de equinos) na Fazenda Experimental Orestes Prata Tibery. “Convidamos toda a população para participar desta que promete ser uma grande ExpoZebu”, convida o presidente.
ABCZ anuncia Selo de Transparência. A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu anunciou a criação do ‘ABCZ+ Integridade’, selo de integridade interno, conhecido como sistema de compliance, que reflete a preocupação da atual diretoria com ao futuro da entidade que é reconhecida e respeitada internacionalmente.  O programa oficialmente, por um conjunto de normas e procedimentos, identifica e impede ilegalidades, garantindo a atuação ética e proba entre os colaboradores, diretores ou fornecedores. Entre ações previstas está à lavratura de código de ética e conduta, canal de denúncias e treinamento de funcionários.
Os detalhes do programa foram apresentados aos associados e colaboradores na última semana. As apresentações foram feitas pelo idealizador do projeto e procurador jurídico da entidade, Claudio Fontoura, que destaca que o projeto está sendo formatado em estrita sintonia com as diretrizes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Controladoria Geral da União, que ofertaram normativas para o fiel cumprimento do decreto federal 8420 que regulamentou a lei 12.846.  “Todos os requisitos de ambas as entidades foram cuidadosamente estudados, coligidos, selecionados e comparados com os previstos em lei e decreto federal e dispostos para integrar as exigências da ABCZ para seu programa de compliance, de modo a situar a entidade em harmonia com ambas as instâncias federais”, ressaltou o procurador.
O departamento que irá assegurar o cumprimento de normas do ABCZ+ Integridade será formado por cinco pessoas sob a presidência do procurador jurídico Claudio Fontoura.
Para o diretor da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, Rivaldo Machado Borges Júnior, o ABCZ+ Integridade significará uma revolução na entidade. “Este é um dos processos mais importantes que desenvolveremos nesse ano. O ABCZ+ Integridade vai marcar história!”, afirmou.

Postado originalmente por: JM Online

%d blogueiros gostam disto: