Assembleia hoje define acordo de funcionários do Banco do Brasil

Sindicato dos Bancários de Uberaba realiza hoje assembleia para definir acordo coletivo de trabalho emergencial para funcionários do Banco do Brasil. Segundo o presidente Diego Bunazar, o acordo coletivo a ser deliberado é fruto das negociações feitas entre sindicatos e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) e o próprio Banco do Brasil.

Ainda segundo ele, as discussões levam em consideração a aplicação da Medida Provisória 927/2020, que permite o banco de horas negativo e a antecipação de férias. Conforme explica, a assembleia vai regulamentar estas medidas junto à categoria, visto que muitos bancários foram afastados do trabalho por ser grupo de risco ao novo coronavírus.

Segundo ele, o acordo coletivo pode incluir desconto de 10% no acumulado do banco de horas negativo. Se o bancário, no final do período de calamidade, ficou devendo 100 horas, terá de repor 90 horas, por exemplo. Também poderá ser ampliado o prazo de reposição destas horas, para que não ocorra o desconto no salário. Outra proposta a ser debatida é quanto às férias.

Diego Bunazar esclarece que a MP permite a antecipação de um período de férias. “Nós queremos garantir o mínimo de quinze dias de férias para estas pessoas, para que não ocorra a antecipação integral”, diz. O acordo coletivo, se aprovado, deve valer pelos próximos dois anos, a contar a partir da data de assinatura. A assembleia será realizada de forma eletrônica, para evitar qualquer tipo de transmissão da Covid-19.

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: