Associação cobra fiscalização permanente do comércio ilegal

Associação ‘Centro Forte’ solicita à Prefeitura fiscalização permanente de ambulantes na região central da cidade. Durante o período de festas de fim de ano, com a operação realizada pelo Departamento de Posturas em conjunto com a Guarda Municipal, Polícia Militar e Polícia Civil, o número de ambulantes nas ruas do centro da cidade caiu, principalmente no calçadão. Porém, depois que passaram as festas os ambulantes voltaram, e com eles alguns transtornos.
De acordo com o presidente da Associação, Fábio Lopes, desde que foi constituído o grupo, os comerciantes pedem à Prefeitura para que haja fiscalização permanente. “Não temos nenhum problema com os ambulantes, entendemos que estão trabalhando, mas precisam se regularizar, ter registro e depois espaço para que possam atuar, assim como os permissionários do camelódromo, que também pedem providências quanto à presença de ambulantes em espaços públicos”, explica Fábio.
O presidente diz ainda que muitos desses ambulantes não são de Uberaba. Ele revela que na semana passada pôde conversar com um deles, que vendia frutas, que disse a ele que morava em Campinas (SP).
Além de exercerem prática irregular, alguns geram transtornos aos pedestres, que precisam desviar para seguir o caminho. No calçadão, por exemplo, não é nada fácil caminhar diante da quantidade de ambulantes. “Por isso, solicitamos à Prefeitura para que faça algo. Além de regularizar, busque espaço adequado para que possam se instalar. Não precisa construir outro camelódromo, pelos menos reserve um espaço para abrigá-los. E que haja fiscalização permanente, mesmo que seja semanal. Algo precisa começar a ser feito”, enfatiza o presidente.

Postado originalmente por: JM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: