Audiência na Justiça do Trabalho trata de diferenças salariais no José Ferreira

Professores do Colégio Doutor José Ferreira participam, na próxima quarta-feira (12), de audiência na Justiça do Trabalho, referente a Ação de Cumprimento, movida contra a mantenedora, a Comunidade Nacional das Escolas da Comunidade (Cnec), pelo Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinpro) em Uberaba. Os professores reivindicam o pagamento das diferenças salariais dos meses de março, abril e maio de 2020.

De acordo com o diretor do Sinpro/Uberaba, Marcos Gennari Mariano, ação é coletiva e contempla os 148 professores da instituição de ensino de Uberaba. “Enquanto entidade representativa nós temos por obrigação propor a ação coletiva”, informa o dirigente.

A audiência acontece por videoconferência, por conta das medidas de segurança contra o novo coronavírus. 

Ações trabalhistas no Foro de Uberaba caíram 37% em relação ao ano de 2019

Justiça do Trabalho registra retração no número de ações distribuídas em Uberaba. De acordo com o diretor do Foro Trabalhista na cidade, Alexandre Chibante Martins, houve redução de cerca de 37% do número de ações distribuídas este ano em relação ao mesmo período, de 2019.

Continua depois da publicidade

Até o dia 31 de julho do ano passado, a Justiça do Trabalho contabilizou 816 processos distribuídos. Já no mesmo período de 2020 foram distribuídos 513 processos. “E os números tendem a ser semelhantes nas demais Unidades Judiciárias de Uberaba”, diz.

Além disso, ele avalia que a redução pode ser decorrente da pandemia, levando em conta as precauções com as audiências, que passaram a ocorrer por videoconferência. Além disso, muitos advogados aguardam o retorno das audiências presenciais. 

 

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: