Auditores fiscais de MG fazem paralisação contra parcelamento

Ontem, auditores afixaram faixas diante da Administração Fazendária de Uberaba, onde montaram uma espécie de plantão

Ontem, auditores fiscais da Administração Fazendária da Receita Estadual em Uberaba realizaram paralisação em protesto ao atraso no pagamento dos salários e pelo tratamento dispensado à categoria. Ações semelhantes estão previstas para ocorrer também nos dias 11, 23 e 30 de agosto, quando os auditores deverão iniciar o expediente apenas após a confirmação do crédito da parcela salarial.

A paralisação foi convocada pelos Sindicatos dos Funcionários do Fisco (Sindifisco-MG) e dos Servidores da Tributação, Fiscalização e Arrecadação (Sinffazfisco). Em Uberaba, a categoria alertou para o fato de que a arrecadação do Estado tem crescido, especialmente com a adesão aos programas de regularização de créditos tributários com negociação de dívidas, enquanto que os servidores continuam com salários atrasados.
Segundo o chefe da Administração Fazendária, Wagner José da Silva Júnior, o funcionamento da unidade foi normal e nenhum contribuinte deixou de ser atendido em razão do movimento dos servidores. De acordo com a diretora do Sindifisco-MG, Milena Sousa Moreira, a precariedade do pagamento salarial já é uma realidade enfrentada há mais de um ano pelos servidores, porém a situação vem se tornando cada vez pior, pois agora o Estado vem atrasando sistematicamente o pagamento das parcelas.
As categorias do funcionalismo estadual que já conseguiram do governo a diminuição ou promessa de redução do atraso no pagamento de seus salários, como é o caso dos servidores da segurança pública – Polícia Militar, Polícia Civil e agentes penitenciários –, conseguiram conciliar a pressão da mobilização de suas bases com a interlocução direta de seus respectivos comandos com o governador Fernando Pimentel.
Por outro lado, a categoria dos auditores fiscais está incluída no grupo de servidores do Executivo que continuarão recebendo os salários divididos em três vezes e, portanto, contemplados com um atraso ainda maior, conforme escala de pagamento para os salários das competências julho e agosto de 2018 divulgada pelo governo do Estado. Os salários referentes ao mês de julho serão pagos nos dias 11, 23 e 30 de agosto e o pagamento referente ao mês de agosto será depositado nos dias 13, 21 e 27 de setembro.

Postado originalmente por: JM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: