Anuncie
Uberaba e Região

Brasil deve se tornar área livre de aftosa sem vacinação até 2023

Por: Rádio JM 730 AM 09/10/2017 8:30

Reprodução

Para o Sindicato Rural de Uberaba, o fim da vacinação deve valorizar a carne brasileira no exterior
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento aprova plano para acabar com vacinação contra a febre aftosa até 2023. O plano começa a valer este ano e o objetivo é que o Brasil seja considerado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) um país livre da doença. Para o Sindicato Rural de Uberaba, a medida deve valorizar a carne brasileira no exterior.

Para atingir o status sanitário de área livre de aftosa sem vacinação, o Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção determina critérios técnicos, estratégicos, geográficos e estruturais.

As unidades da Federação foram agrupadas em cinco blocos para facilitar o processo de transição de zonas livres de febre aftosa com vacinação para livre sem vacinação, de forma regionalizada. Minas Gerais está no grupo 4, com São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Sergipe, Goiás, Tocantins e o Distrito Federal. A reunião com representantes do ministério deverá ocorrer só em 2018.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Uberaba, Romeu Borges de Araújo Junior, a ideia de acabar com a vacinação contra a aftosa já é vista com bons olhos pelo produtor. “Com certeza, será um grande ganho para o país, principalmente para o mercado internacional. Provavelmente, deve gerar melhoria no preço da carne bovina brasileira; o fato de erradicar a doença será visto com bons olhos no mercado internacional”, afirma.

Contudo, o presidente do sindicato aponta que, em paralelo às ações para erradicação, será necessário criar um fundo de reserva, para que haja recursos aos Estados para enfrentar eventuais casos de aftosa, como, por exemplo, o isolamento dos animais, a fim de evitar que a doença se espalhe e manter a credibilidade do país perante o mercado internacional.

Vale lembrar que na região de Uberaba não há registro de aftosa bovina há muito tempo e a campanha de vacinação sempre trouxe bons resultados. Na última campanha a cobertura foi de 99,28% bovinos vacinados em Uberaba.

Postado originalmente por: JM Online

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: