Pedro Cine Fotos
Uberaba e Região

Comércio deve contratar 10% a mais de temporários para o fim de ano

Por: Rádio JM 730 AM 29/09/2017 0:30

Contratação de temporários pelo comércio para as festas de fim de ano deve ser maior em 2017 em relação a 2016. Conforme dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mais de 73 mil pessoas serão contratadas pelo comércio brasileiro para as festas de fim de ano, com aumento de 10% na comparação com o mesmo período do ano passado, e Uberaba deve seguir a mesma tendência de crescimento nas contratações. A previsão se baseia no histórico do ano, uma vez que todas as datas comemorativas registraram alta depois de dois anos, e tal cenário deve perdurar até dezembro.
De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uberaba, Fúlvio Ferreira, o município deve seguir as previsões nacionais, com contratações maiores do que no ano passado, mesmo porque em 2016 não foram tão expressivas como nos períodos anteriores. “Essas contratações, normalmente, começam em meados do mês de outubro. Algumas mais no fim do mês, outras a partir da metade do mês, pois precisam de um tempo mais longo para treinamento específico para os funcionários, mas a grande contratação se dá em novembro. Portanto, para aqueles que pretendem se candidatar a uma vaga, é importante que se capacitem, existem cursos gratuitos que podem preparar o trabalhador”, diz.
Ainda conforme os dados da CNC, o vestuário é um dos setores que mais crescem com o Natal. As vendas aumentam mais de 80% em dezembro em comparação com o mês anterior. Outro segmento que deve concentrar os maiores volumes de contratação é o de hiper e supermercados, que responde por 30% do varejo. “Com certeza, são setores que devem contratar mais, em decorrência das vendas, e vale lembrar também os bares e restaurantes. No fim do ano o movimento aumenta muito e, por isso, os empresários devem se preparar para atender a esse público maior”, afirma Fúlvio.

Postado originalmente por: JM Online

%d blogueiros gostam disto: