Decisão de reabrir o comércio não é polícia, mas sanitária e de economia, diz Piau

 Prefeito Paulo Piau ponderou que as medidas de isolamento estão apresentando resultados positivos com relação à prevenção do coronavírus 

 

Decisão sobre reabertura do comércio em Uberaba sairá de reunião nesta sexta-feira (27) entre o prefeito Paulo Piau (MDB) e os integrantes do comitê técnico de enfrentamento ao coronavírus. A reivindicação foi apresentada nesta quinta-feira (26) ao governo municipal, em ofício assinado por entidades de classe.

Entidades pedem flexibilização de decreto para reabertura do comércio em Uberaba

Em entrevista na noite desta quinta-feira, o prefeito Paulo Piau (MDB) disse já ter conhecimento do pedido feito por lideranças classistas, mas declarou que a resposta depende de uma discussão aprofundada com especialistas da área da Saúde.

“Isso não é decisão política, é uma decisão sanitária e de economia. Estamos estudando uma série de projeções e cenários com o grupo técnico”, posiciona.

Piau ressalta, entretanto, que as medidas de isolamento adotadas na cidade vem mostrando resultados positivos até o momento.

"Se não temos problemas maiores é porque estamos tomando medidas. Se não tivesse adotado o isolamento, talvez já estaríamos com mais casos na cidade”, defende.

Veja também: Mais três crianças são atendidas em Uberaba com suspeita de coronavírus 

O chefe do Executivo argumenta também que as ações preventivas são necessárias porque, assim como o restante do país, Uberaba não teria estrutura capaz de atender a demanda se houver um pico de pessoas infectadas pelo coronavírus.

“Não podemos deixar o vírus difundir porque não temos rede hospitalar suficiente para receber todos os pacientes no caso de um surto. A decisão será tomada em cima desses pontos. Ou fazemos a nossa parte de contenção do vírus, ou alguém vai ter que assumir a responsabilidade lá na frente da mortalidade que poderá acontecer”, manifesta.

Na semana passada, a Prefeitura determinou o fechamento de lojas do comércio e de serviços na cidade até o dia 30 de abril. A decisão foi mantida pelo governo municipal, após o presidente Jair Bolsonaro defender a reabertura do comércio e o fim da suspensão das aulas em discurso polêmico na terça-feira (24).


 

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: