Entrega de alimentos na porta de estabelecimentos está permitida em Uberaba

 

Permissão para a entrega de alimentos na porta de bares, lanchonetes, restaurantes, pizzarias, sorveterias, docerias e similares é uma forma inteligente de diminuir o impacto na sociedade devido à pandemia do novo coronavírus, avaliou o chefe do Departamento de Vigilância Sanitária, Marcos de Almeida Ribeiro, em entrevista à Rádio JM nesta quarta-feira (25).

A alteração do decreto que determina o fechamento dos estabelecimentos do município foi publicada quarta-feira (25). Até então, os estabelecimentos estavam restritos a comercializar por serviços de entrega.  A proibição da entrada e consumo no local continuam valendo.

Neste momento, o departamento tem se concentrado na fiscalização de instituições de saúde e estabelecimentos alimentícios quanto às normas de redução da propagação do coronavírus, ressalta Ribeiro.

“É claro que nos preocupamos com outros serviços. Mas, desde sexta-feira (20), estamos concentrados nessas duas frentes. Nas próximas semanas devemos iniciar nossos serviços específicos do período da Semana Santa”, observa ele.

No momento da entrevista por telefone, Marcos Ribeiro e equipe do Departamento estavam na avenida João XXIII, no bairro Parque das Américas, onde feira livre estava sendo realizada.

Critérios de distanciamento devem ser observados 

Conforme o prefeito, Paulo Piau (MDB), está liberada apenas a venda de produtos alimentícios, como hortifrutigranjeiros e carnes. Feira da Abadia, ao domingo, continuará suspensa até o fim de abril

“É preciso mudar alguns hábitos, como o de pegar nos alimentos. Estamos orientando que a população deixe o proprietário, que está preparado com luvas e máscara, mostrar o produto”, reforça o chefe do departamento.

 

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: