Exclusivo: Manifestantes da UFTM acusam PMU de apropriação indevida de área de ampliação do cemitério Medalha Milagrosa

Manifestantes da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) se reuniram nesta manhã nas obras de ampliação do cemitério Medalha Milagrosa, na Univerdecidade. A informação foi dada em primeira mão aos ouvintes da Rádio JM FM 95,5. A universidade denuncia a Prefeitura Municipal de Uberaba (PMU) por esbulho possessório, uma vez que a administração municipal estaria se apropriando indevidamente de área territorial cedida pela Embrapa ao campus da UFTM.
Segundo o Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) lavrado nesta manhã por engenheiro da universidade, a Secretaria de Obras teria demolido parte do muro do cemitério, realizando em estágio avançado a terraplanagem. A área, segundo nota enviada ao Jornal da Manhã, fica na divisa da unidade da UFTM com o referido cemitério. Ainda, a universidade pontuou que já está providenciando as medidas legais cabíveis a fim de assegurar a integridade patrimonial da instituição.
Em contrapartida, a PMU esclareceu que a área pertence ao município e que tem toda a documentação comprobatória disso. Ainda, que toda obra no local é informada com antecedência, inclusive por ofício. Mesmo não restando dúvidas sobre o dono da área, o secretário de Obras, Nagib Facury, e também o superintendente de Serviços Urbanos, José Donizete, se reunião nesta tarde com a reitora da UFTM para os devidos esclarecimentos.
Mais informações no JM Online e também na edição de sábado (10) do Jornal da Manhã.

Postado originalmente por: JM Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: