Guarda-corpo danificado após queda de bitrem no rio Grande é reparado

 

Foto/divulgação

O Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) terminou a instalação do guarda corpo quebrado da ponte sobre o Rio Grande em função do último acidente ocorrido em agosto deste ano, onde um motorista morreu após bitrem carregado com etanol cair da ponte.

De acordo com informações do coordenador regional do DER/MG em Uberaba, Mauro Gomes, foram restabelecidos todos guarda corpo da ponte. O trabalho foi realizado pela empresa Terrayam e foi realizado em dois dias.

O trânsito permaneceu através de operação siga e pare.

O acidente. Um homem de 59 anos morreu após o caminhão-tanque que estava dirigindo cair da ponte sobre o Rio Grande, que liga Conceição das Alagoas a Barretos, na SP-413, na noite de 18 de agosto.

O veículo transportava cerca de 70 mil litros de etanol. O corpo do motorista foi retirado da água por pescadores.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, um dos tanques do bitrem se soltou e desceu cerca de 50 metros e o outro permaneceu encostado numa pilastra da ponte. No local, o rio estava bastante cheio e com forte correnteza, o que preocupava sobretudo pela possibilidade de o combustível atingir outros municípios, comprometendo o abastecimento.

Ainda de acordo com os militares, vazaram cerca de mil litros do diesel do tanque de consumo do cavalo mecânico, um VW 40.300, de placas MBZ 7619, de Paulínia SP.

 

Postado originalmente por: JM Online – Uberaba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: